• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Em tramitação

Comissão aprova direito a exames domiciliares para pacientes com dificuldade de locomoção

A proposta ainda precisa ser analisada por outras três comissões

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou proposta que assegura a coleta domiciliar de exames quando o paciente tiver dificuldade de locomoção, na forma de regulamento.

O texto aprovado é o substitutivo da Comissão de Direitos da Pessoa Idosa ao Projeto de Lei 4865/20, do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP). O relator, deputado Alexandre Padilha (PT-SP), destacou que a proposta inicial é muito ampla e poderia ser inviável.

“O substitutivo apresentado na Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa mantém a intenção do autor do projeto, porém adapta a redação para se tornar uma medida mais justa e viável, ao restringir o uso a usuários que possuam limitações de locomoção”, explicou.

A proposta altera a Lei Orgânica da Saúde. Padilha destaca que a legislação já traz um subsistema de atendimento e internação domiciliar no Sistema Único de Saúde (SUS), executado por meio do programa “Melhor em Casa”, mas tanto a lei como o regulamento atual não deixam claro que a coleta de exames faz parte dos procedimentos possíveis.

Tramitação - a proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

(Com informações de Agência Câmara de Notícias)

Veja Também