• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Polícia

Polícia recupera caminhonetes e prende quadrilha que fez 'arrastão'

Três homens responsáveis pela subtração dos veículos foram presos fugindo do estado e um adolescente apreendido

Sexta-feira, 21 Junho de 2024 - 08:31 | Thays Schneider


Polícia recupera caminhonetes e prende quadrilha que fez 'arrastão'
Um dos veículos recuperados (Foto Osvaldo Duarte/ Dourados News)

Policia Civil do Mato Grosso do Sul identificou e capturou a quadrilha envolvida no arrastão de camionetas em Dourados nesta quinta-feira (20). As ações foram realizadas em conjunto entre o SIG de Dourados e a PRF de Dourados. Três homens responsáveis pela subtração dos veículos foram presos fugindo do estado e um adolescente apreendido. 

Quatro caminhonetes de luxo foram roubadas na madrugada desta quinta-feira (20) durante um arrastão na região central de Dourados. Segundo as informações policiais, os veículos estavam estacionados na via pública.

Entre as vítimas estão o dono de um bar e uma médica, de 52 anos. Ela contou que deixou o carro modelo Toyota Hilux SW4, de cor branca, na lateral da unidade de saúde. Às 6h40 de hoje (20), ao sair do trabalho, não encontrou mais o veículo.

Outro furto ocorreu na Vila Planalto, sendo a vítima, uma mulher de 28 anos. Na delegacia, ela relatou que deixou a caminhonete estacionada frente à sua residência por volta das 2h e quando acordou, por volta de 6h10, percebeu que o veículo tinha sido furtado. A vítima disse que sempre deixava o veículo na rua, pelo fato de a casa não ter garagem.

Já outra Toyota Hilux, de cor preta, também foi levada. O proprietário, de 59 anos, contou que por volta de 20h30, parou o veículo em cima da calçada, em frente à sua casa, e às 5h de hoje, percebeu o furto. A Hilux pertence à empresa cerealista onde o morador trabalha e não tem seguro.

A quarta vítima foi o proprietário de um bar na Avenida Weimar Gonçalves Torres. O homem, de 55 anos, de acordo com o boletim de ocorrência estacionou a caminhonete Toyota Hillux ao lado do estabelecimento. Horas depois, percebeu que o veículo não estava mais no local.

 

SIGA-NOS NO Google News