• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Maus-tratos

Mãe e filho são multados em R$ 6 mil após mutilarem cachorro

Animal que pertencia à vizinha dos acusados perdeu muito sangue e permanece internado

Foto: Divulgação/O Pantaneiro

Os vizinhos que mutilaram um cachorro sem a autorização da dona e ainda o deixaram sangrando foram multados pela Polícia Militar Ambiental de Aquidauana. A vizinha e seu filho devem pagar R$ 6 mil por terem praticado maus-tratos contra o animal. 

A PMA soube pelas redes sociais sobre o caso de maus-tratos.  Os policiais foram imediatamente até a casa da dona do cachorro, que confirmou a denúncia. O animal encontrava-se com cortes em uma pata e estava com os testículos arrancados. Todos os ferimentos sem tratamento e que foram feitos sem quaisquer cuidados higiênicos e anestésicos e já começava a infeccionar. 

A equipe recolheu o animal e o levou para cuidados veterinários. A infratora, uma cozinheira de 47 anos, e o filho, um cozinheiro de comitiva de 24 anos, foram autuados administrativamente e multados em R$ 3 mil cada um. Eles também responderão por crime ambiental de maus-tratos a animais, cuja pena é de três meses a um ano de detenção.

Entenda o caso

Os vizinhos de uma mulher de 42 anos, moradora do bairro Cidade Nova, castraram o seu cachorro e ainda deixaram o animal sangrando sem ajuda. A dona do animal procurou a polícia e relatou que estava em sua casa, quando ouviu o cachorro fazendo barulhos como se estivesse sofrendo, estranhando a situação ela foi ver o que estava acontecendo e encontrou o bicho amarrado com uma corda no pescoço, sem os testículos e sangrando.

Ao falar com a vizinha sobre o ocorrido ela disse que tinha castrado o cachorro e o filho da mulher, ao ouvir a conversa, também confirmou que havia cometido o ato. Questionado pelo motivo que fez isso, o homem disse que o animal tinha urinado no quintal dele.

(Com informações: O Pantaneiro)

Veja Também