• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Fronteira

Homem é denunciado após castrar cachorro em casa

Para o procedimento, ele usou estilete, sedativo e remédio antitetânico; autor disse ter conhecimento técnico

Grávida é perseguida pelas ruas por marido e agredida a socos e chutes (Foto: Arquivo/Diário Digital)

Por volta das 9h de terça-feira (22), um homem de 31 anos, foi denunciado por maus-tratos depois de ter castrado o próprio cachorro para que ele não fugisse já que o local onde reside é aberto. Ele reside no Jardim Planalto, em Ponta Porã (MS).

Conforme o Boletim de Ocorrência, os policias foram até a residência do homem e, o mesmo teria dito que na segunda-feira (21) foi até a clínica veterinária no Paraguai, para comprar medicamentos e realizar a castração. Para o procedimento, ele usou estilete, sedativo e remédio antitetânico.

Questionado se tem experiência, o rapaz disse que já realizou esse tipo de cirurgias em animais de fazendas onde trabalhou. Além disso, contou que já estudou medicina veterinária por dois anos no país vizinho, e que, por isso, possui conhecimento técnico.

Ele também justificou a ação alegando que por muitas vezes seu cachorro avança em quem passa na rua, e que um vizinho já foi ‘atacado’ pelo animal. Fato confirmado pela esposa do homem, ainda conforme a ocorrência.

O suposto autor foi encaminhado para o 1º Distrito Policial de Ponta Porã.