• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Pit bulls soltos atacam e matam cachorro da raça poodle

Poodle foi puxado pelas grades do portão e teve cabeça arrancada; animal pertencia a uma criança

Cachorro da raça poodle foi morto pelas grades do portão (Foto: Divulgação)

Beethoven era o xodó do dono, um menino de 9 anos. Mas na tarde desta terça-feira (6), o cachorrinho da raça poodle foi morto durante um ataque de dois pit bulls, no bairro Tiradentes. Puxado para fora de casa pelas grades do portão, ele teve a cabeça arrancada do corpo. A cena de horror foi presenciada pela criança e a avó.

A mulher que está com medo e terá a identidade preservada, contou que o neto havia saído com a outra cachorrinha e quando voltou com ela no colo, os dois cães da raça pit bull vieram atrás.

“Assim que meu neto entrou em casa, o Beethoven viu os cachorros e latiu. Nisso, um já mordeu o focinho do Beethoven e começou a puxar pelo portão. Nós ficamos desesperados porque eu via a fúria dos cachorros, eles arrancaram a cabeça dele”, contou a senhora ainda muito assustada.

Para os cães não entrarem na casa, a avó conta que enquanto segurava o portão, também tentava conter o neto. Desesperado, o menino queria salvar Beethoven.

“Beethoven estava com a família há 8 anos, desde o primeiro aniversário do meu neto. Ele está muito triste, era o companheiro do meu neto”.

O ataque aconteceu na Rua Violino e o dono dos cães é um vizinho, mora a poucas casas de onde o incidente aconteceu, na Rua do Pandeiro. Segundo os relatos, essa não seria a primeira vez que os cachorros são vistos passeando soltos pelo bairro.

A família de Beethoven procurou a polícia e o dono dos pit bulls que teria o hábito de deixar os cães soltos, mas a mulher diz que ele não se predispôs a ajudar.

O caso está sendo investigado pela Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista). De acordo com o delegado Maércio Alves Barbosa, o responsável pelos cães que provocaram o ataque foi identificado e irá responder por maus-tratos a animais.