• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Meio Ambiente

Satélite flagra desmatamento ilegal para construção de trilhas em Bonito

Proprietário rural removeu e degradou a vegetação protegida sem autorização do órgão ambiental, segundo a PMA

(Foto: Divulgação)

 Policiais Militares Ambientais de Bonito realizaram fiscalização para a caracterização in loco de um crime e infração ambiental descobertos por imagem de satélites em um rancho que explora o turismo no município, a 13 km da cidade.

A conferência no local da degradação ocorreu ontem (25) depois que os Policiais realizaram fiscalização por técnica de sobreposição de imagem de satélites e verificaram que houve um desmatamento de matas ciliares de um braço do rio Formoso, entre os anos de 2016 e 2017.

O proprietário rural realizou o desmatamento das áreas protegidas na construção de uma trilha, que possuía vários acessos e bifurcações, removendo e degradando a vegetação protegida sem autorização do órgão ambiental.

Houve também uma parte do desmatamento fora de área protegida por lei, porém, também sem a licença ambiental. As áreas foram conferidas e medidas com GPS e sua caracterização de uso atual foi realizada com drone.

As atividades foram paralisadas. Contra o infrator (66), residente em Bonito, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa total de R$ 6.300,00 pela infração.

Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Veja Também