• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Geral

Prefeitura transfere Emei Marcos Roberto para novo prédio

Domingo, 10 Fevereiro de 2019 - 08:51 | Redação


Os 75 alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Marcos Roberto começaram o ano em novas instalações. O novo prédio locado pela prefeitura em novembro, passou por uma reforma e adaptações para oferecer mais conforto aos alunos que frequentam do grupo 1 ao 4 (antigos berçário 2, creche e pré-escola) e foi inaugurado pelo prefeito Marquinhos Trad e pela secretária municipal de Educação, Elza Fernandes

O prefeito Marquinhos Trad destacou o conforto do novo local e ressaltou o trabalho e dedicação da equipe da EMEI em oferecer uma educação e atendimento de qualidade. “Os pais confiam em nossa gestão e por isso queremos que eles saibam que damos todo o amor e carinho a essas crianças assim como elas recebem em casa”, afirmou.

Já a secretária Elza Fernandes destacou a preocupação em transferir a EMEI para um local que facilitasse a locomoção dos pais. “O objetivo da nossa gestão é ter um olhar para nossa comunidade, principalmente para nossas crianças, por isso buscamos um espaço que ficasse próximo ao antigo prédio para que as famílias não tivessem que se deslocar para levar os filhos longe de casa”, frisou.

Com as alterações, o número de crianças atendidas também dobrou, passando de 40 com capacidade para atender até 80 alunos. O prédio conta com uma área externa maior, que ganhou novos brinquedos adequados à idade de cada grupo, três banheiros com acessibilidade e salas de aula amplas, garantindo uma boa ventilação, reforçada com a instalação de ventiladores de teto.

As merendeira também ganharam uma cozinha maior e melhor equipada e ainda uma varanda destinada para o refeitório. A EMEI também conta com sala de recreação e um espaço próprio para a secretaria, facilitando o trabalho da equipe administrativa da unidade.

A diretora da unidade, Cristiana Bispo, disse que a estrutura do prédio irá contribuir com o desenvolvimento pedagógico dos alunos. “Estamos muito felizes porque a rápida conclusão das obras possibilitou atendermos melhor as crianças já no início do ano. Elas também terão uma autonomia melhor porque os espaços são individuais. Não precisamos dividir  as salas”, comentou.

SIGA-NOS NO Google News