• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

PMA surpreende dois pescadores com petrechos ilegais de pesca

Fiscalização preventiva têm sido essencial no combate a pesca predatória

PMA surpreende dois pescadores com petrechos ilegais de pesca (Foto:Divulgação/PMA)

Dois pescadores foram surpreendidos por Policiais Militares Ambientais de Bela Vista, quando praticariam pesca predatória no rio Perdido, durante fiscalização fluvial no município de Caracol e avistaram os infratores no momento em que chegavam com petrechos ilegais à margem do rio ontem (30) à tarde.

Assim que os pescadores avistarem a equipe que se dirigia a eles, empreenderam fuga pela mata, abandonando petrechos proibidos que utilizariam em pescaria predatória. Apesar de diligências, os indivíduos não foram localizados. No local, a PMA apreendeu uma tarrafa, 23 anzóis de galho e 10 tábuas com linhas e anzóis. A equipe percebeu que nenhum petrecho estava molhado, indicando que os infratores ainda iniciariam a pesca ilegal, tanto que nenhum anzol de galho fora encontrado armado no rio na região em que estavam.

Esse tipo de fiscalização preventiva é fundamental e tem sido prioritária nos trabalhos preventivos à pesca predatória da PMA, pois evitar que se use, ou a retirada desses petrechos ilegais dos rios impede a degradação dos cardumes, tendo em vista o seu alto poder de captura. Além disso, é muito difícil a prisão dos elementos que se utilizam os utilizam, em virtude do pouco tempo que levam para armar e conferir os peixes capturados, ficando pouco tempo expostos. Mais difícil ainda porque normalmente armam à noite, o que não foi o caso desses dois infratores fugitivos, porém, eles também pescariam com tarrafa, além de armar os anzóis de galho.

Veja Também