• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Bonito

PMA resgata terceira ave presa em linha de pesca em menos de um mês

A ave recebeu atendimento médico veterinário, teve o ferimento tratado e depois foi solta em seu habitat

PMA resgata terceira ave presa em linha de pesca em menos de um mês (Foto: Divulgação/ PMA)

Policiais militares ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, no município de Bonito, resgataram ontem (17) à tarde uma ave da espécie curicaca, de linha de anzol. Um pescador, de 50 anos, procurou a PMA informado que o animal estava à margem da rodovia MS 345, enroscada e sem poder voar.

A equipe foi ao local e conseguiu capturar a ave.

Com muito cuidado, os policiais conseguiram retirar a linha de náilon que estava enroscada nas patas da ave e já havia causado ferimentos. Se ficasse mais tempo, com o movimento do animal, a linha iria amputar uma das patas.

A equipe pediu atendimento de um médico veterinário à curicaca, o qual tratou o ferimento e atestou que a ave poderia ser devolvida à natureza.

A distância que a ave estava do rio Miranda era de aproximadamente 800 metros e os policiais calculam que ela se enroscou na linha, possivelmente quando tentou se alimentar com iscas que estaria em anzol de galho armado no rio. Este é o terceiro caso de aves resgatadas pela PMA nesta mesma situação. A curicaca foi solta no seu habitat e voou normalmente.

OUTROS CASOS

Em Coxim, policiais resgataram no dia 6 de setembro uma ave silvestre da espécie garça-branca-grande (Ardea alba) presa em um anzol de galho, no rio Taquari, na região conhecida como Barranco Vermelho, no município, a 15 km da cidade. Já em Naviraí também resgaram uma ave silvestre da espécie garça-real-europeia (Ardea cinerea) presa em um anzol de galho no rio Amambai no município, a 50 km da cidade.