• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
TV MS RECORD

Lugar de mulher também é no futebol virtual, diz jogadora de alto nível no PS4

Paulista, de 27 anos, já participou de várias competições e foi a única mulher na Copa Ponte Preta

Tuanni Firmino Dias, jogando durante o festival de música Rock In Rio (Foto: Arquivo Pessoal)

Por conta da pandemia, o Diário Digital decidiu apostar na 1° Copa Sesc Diário Digital de Futebol Virtual, que está com as inscrições abertas até o dia 18 de Julho. O evento é apoiado pelo Sesc-MS e Federação Estadual de Futebol Virtual e, que podem participar pessoas de qualquer idade, homens e mulheres. Além disso, os jogadores ressaltam que a iniciativa do Diário Digital é de expandir o futebol virtual no Estado de Mato Grosso do Sul (MS). Clique aqui e inscreva-se já.

Com intuito de ampliar o campeonato do futebol virtual para todos no Estado, o número de mulheres no âmbito dos jogos eletrônicos é baixo. Sendo assim, a equipe do Jornal Diário Digital decidiu conversar com o presidente da Federação do MS, Kleber Oliveira Fernandes para entender o por que da falta das mulheres e discutir o assunto com a jogadora influente, que compete em alto nível em São Paulo (SP) e está representando o grupo "Meninas do PES", Tuanni Firmino Dias.

Segundo o presidente da Federação Estadual de Futebol Virtual, jogos eletrônicos são também esporte para mulheres. "Porém, até hoje nunca fui procurado por meninas no nosso Estado. Acredito que existam meninas que jogam futebol virtual, mas tenham vergonha ou não tenham apoio que precisam para ir além. Desta forma, acabam não participando de nenhuma competição para expor suas habilidades. Inclusive gostaria muito de ver alguma menina nas competições representando Mato Grosso do Sul".

De acordo com a paulista, Tuanni, de 27 anos de idade, sua paixão pelo o futebol virtual começou pelo Super Nintendo — é um console de videogame de 16 bits desenvolvido pela Nintendo que foi lançado nos anos 90 em vários países —, e depois de alguns anos comprou o PS4 para ter jogos atualizados. "A paixão pelo esporte vem da vida real. Sempre gostei de futebol, acompanhar os jogos pela televisão, os resultados, o vibrar e chorar com as derrotas. Acredito que esse tenha sido um fator determinante para amar o futebol virtual".

Tuanni quando comprou seu PS4
(Foto: Arquivo Pessoal)

"A parte de competir, começou por acaso. Comecei jogando com meus primos que antes ganhavam de mim e, depois com meus amigos e com as pessoas que jogavam na plataforma on-line. Deste modo, percebi que poderia tentar ganhar alguma coisa, sendo assim, criei coragem e comecei a competir. Desde 2015, jogo futebol on-line e, já participei de várias competições. Além disso, participei da Copa Ponte Preta e se não me engano, era a única menina na competição", esclareceu a jogadora.

Tuanni Firmino, relata que infelizmente é uma cenário muito triste para mulheres. Pois, falta incentivo e há comentários preconceituosos na própria sociedade. "Desde cedo temos a ideia que futebol não é coisa de mulher e, isso se torna ainda mais forte no virtual. Por isso, as meninas não procuram competir. Em consequência disso, em São Paulo temos um grupo de futebol virtual feminino para plataforma PlayStation 4 (Meninas do PES), com a intenção de mostrar que lugar de mulher também é no futebol virtual".

Por fim, a paulista ressaltou para as mulheres buscarem jogar e ser o que quiserem. "Vocês são capazes de jogar campeonatos, basta treinar e focar naquilo que você quer. Ganhar ou perder, tanto faz. Importante é você estar bem e feliz fazendo o que gosta, sendo você. Seja seu primeiro incentivo, depois os próximos passos, são fáceis", declarou Tuanni.

Para os interessados que quiserem conhecer o grupo e participar, basta seguir o Instagram Meninas do Pes pelo link: https://instagram.com/meninasdopes?igshid=e68wk1brzlfp.

Tuanni jogando seu primeiro futebol virtual
(Foto: Arquivo Pessoal)

Copa Sesc Diário Digital - O evento é apoiado pelo Sesc-MS e Federação Estadual de Futebol Virtual. Podem participar pessoas de qualquer idade, homens e mulheres.

No campeonato console PS4, os jogos vão acontecer online e presencialmente. A competição terá início no dia 20 de julho e a previsão de término é 1 de Agosto, data que poderá ser alterada pelos organizadores que estão monitorando a pandemia do coronavírus.

O campeonato terá ao todo 128 participantes, sendo 32 grupos com 4 pessoas. A competição começará virtual e depois, a partir das quartas de final, a disputa será presencial no Pátio Central Shopping.

Em relação à inscrição, será feita apenas uma por compra. O valor é de R$ 30,00, sendo mais R$5.00 destinados ao Programa Mesa Brasil do Sesc. O participante ainda tem que pagar R$2.00 como valor da taxa de serviço.

A premiação será feita na semana seguinte ao evento. Entre os prêmios já divulgados estão uma playstation para o primeiro colocado, um controle da playstation para o segundo e um voucher da loja Anubis para o terceiro. Serão acrescentadas novas premiações a serem anunciadas posteriormente.