• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Jornalista morre com Covid-19 em Campo Grande

Leyde Pedroso estava internada em estado grave na UTI da Santa Casa

Foto: Arquivo Pessoal/Facebook

A jornalista Leyde Alves Pedroso, de 52 anos,  estava internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa. Uma campanha de doação de sangue chegou a ser mobilizada por amigos e familiares desde que ela foi diagnosticada com o novo coronavírus. Leyde não resistiu às complicações da doença morreu na tarde deste sábado (29).

Leyde sempre foi atuante em movimentos sociais, principalmente ligados à defesa dos direitos das mulheres. Também exerceu o cargo de secretária municipal de políticas públicas para as mulheres. Ela foi diagnosticada com o novo coronavírus no dia 14 de agosto e desde então seu estado de saúde inspirava cuidados.

A jornalista, que também trabalhava como artesã, militou em partidos políticos e chegou a concorrer em eleições. Atualmente ela era filiada ao PDT que emitiu uma nota confirmando o falecimento. No comunicado, o partido afirma que “ela lutou o bom combate, fez de sua vida uma militância aguerrida pelos direitos das mulheres e da classe trabalhadora, mas infelizmente a Covid-19 e as complicações que vieram com ela levaram nossa amiga da vida terrena, mas não levarão ela jamais da nossa história e pelo seu legado continuaremos na luta”,

Não há informações sobre o velório, que deve ser restrito seguindo os protocolos de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus.