• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

HU-UFGD amplia capacidade de atendimento a pacientes Covid-19

Projeto inclui abertura de leitos clínicos e de UTI para adultos, com instalação no prédio destinado à Unidade da Mulher e da Criança

(Foto: Divulgação)

Hospital Universitário da UFGD (HU-UFGD), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, vinculada ao Ministério da Educação (Ebserh/MEC), está implantando projeto para ampliação com a abertura de novos leitos destinados ao atendimento de pacientes com Covid.

O projeto está sendo implementado por meio de acordo de cooperação técnica, do qual já participam a Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) de Dourados e a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), e que aguarda a adesão da Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul.

Na última semana, foi realizada a transferência de pacientes Covid já internados para as instalações do prédio recém-inaugurado que, futuramente, abrigará a Unidade da Mulher e da Criança (UMC). No novo prédio foram alocados 12 leitos clínicos de enfermaria adulto, e o projeto prevê que esse número chegue a 20 leitos. Assim, incluindo os sete leitos de enfermaria pediátrica já existentes no hospital, passará para 27 o número de leitos clínicos para Covid no HU-UFGD.

A fase seguinte do projeto prevê a instalação dos leitos de UTI Adulto no prédio novo, aumentando de 20 para 30 leitos a capacidade de cuidado intensivo a pacientes adultos com Covid. Na UTI Pediátrica, são cinco leitos Covid já em funcionamento. Dessa forma, com a ampliação, haverá um total geral de 62 leitos destinados ao atendimento exclusivo de pacientes com Covid, entre leitos clínicos e de UTI, tanto pediátricos como para adultos.

De acordo com o superintendente do HU-UFGD, Luiz Augusto Freire Lopes, a previsão é de que essa ampliação seja concluída conforme se concretize a destinação de recursos pelos parceiros gestores do SUS. “O momento é de cooperação e esforço conjunto, e temos conseguido o empenho de todas as esferas envolvidas na batalha para garantir atendimento suficiente e digno a quem precisa”, comentou o superintendente.

Por conta do projeto de ampliação do atendimento a Covid, a Ebserh autorizou ao HU-UFGD a convocação de 118 novos profissionais: 21 enfermeiros, 12 fisioterapeutas, 73 técnicos em Enfermagem e 12 médicos (nove generalistas, um clínico e dois intensivistas), cujas contratações estão em processo.

Depois que estiver concluída a transferência das alas Covid Adulto para o prédio da UMC, as áreas desocupadas no prédio antigo passarão por adequações e reparos, visando melhorias na assistência à saúde e ampliação da estrutura destinada ao Ensino.

Sobre a Ebserh - Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares possuem características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Veja Também