• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Cassems desativa hospital de campanha após zerar internações por covid-19

"Já chegamos a registrar 172 pacientes internados por covid em um dia", diz Ayache

(Foto: Luciano Muta)

O diretor-presidente do Hospital da Cassems ( Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul), Ricardo Ayache esteve hoje no programa Balanço Geral da TV MS Record para falar sobre o fim das internações por covid-19. "Já chegamos a registrar 172 pacientes internados por covid em um dia e estamos a dois dias sem nenhum paciente internado, nem terapia intensiva e nem enfermaria. Isso é realmente uma clara demonstração do avanço da vacinação e de que nosso Estado está em primeiro lugar no Brasil e com certeza isso tem proporcionado uma revolução muito importante no número de novos casos, e consequentemente os casos vão se resolvendo. Desde ontem (14), estamos com o hospital vazio, que para nós é uma grande alegria", comemora.

Segundo Ricardo Ayache, os hospitais de campanha preparados para atender durante o começo da pandemia já foram desativados. "Nós tínhamos três hospitais de campanha e esses hospitais foram desativados, porque gradativamente nós tivemos essa redução dos casos nos últimos 45 dias. Então nós já reduzimos, porque a realidade é que esses hospitais todos, trouxeram um aumento de custo muito significativo para a Cassems, e para todo o sistema de saúde. Porque todo mundo passou por isso, e agora nós temos que readequar nossas estruturas, readequar para os nossos custos, para realmente cuidar da Cassems, cuidar de nossos beneficiários daqui para frente", afirma.

"Esperamos, obviamente, que não haja nenhum repique do número de novos casos aqui e no Brasil. Obviamente que nós não podemos baixar a guarda, temos que ter os cuidados para que definitivamente, essa pandemia seja superada", orienta.

De acordo com Ayache, a Cassems instalou ponto de vacinação por seis meses, em Campo Grande "Nós ficamos dando suporte com nosso drive-thru. Atendemos 60 mil pessoas que foram vacinadas por nossas equipes e no momento em que nós passamos apenas para a vacinação da segunda dose e da terceira, houve naturalmente uma redução das filas, da demanda, ai nós encerramos as atividades do nosso drive-thru. E acredito que tenhamos cumprido com nossa função social de unir todos os esforços para combater essa pandemia", ressalta.