• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Governo investe R$ 3,1 milhões na construção de quartel do Corpo de Bombeiros

Nova unidade vai suprir a demanda do pool turístico por serviços técnicos e ficará pronto ano que vem

(Foto:Divulgação/Portal do MS)

As obras do novo prédio, que garantem a implantação do 8° Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Bonito, já entraram na segunda fase de execução - com mais de 60% de conclusão, seguindo normalmente o cronograma contratual. O governo está investindo R$ 3,1 milhões no empreendimento para melhor atender à demanda do pool turístico por serviços técnicos (como vistorias contra incêndios e orientações de segurança) que ampliam a segurança dos visitantes da região.

A nova sede agilizará o atendimento da população, que atualmente precisa recorrer ao Corpo de Bombeiros de Jardim -  localizado a 55 quilômetros de distância, conforme avalia o Comandante do 2° Subgrupamento, major André Vitório Munhoz Rosa de Oliveira: “A presença dos bombeiros em Bonito implica em um tempo de resposta melhor, com provável ampliação do número de ocorrências justamente devido à agilidade. Além disso, poderemos executar as atividades técnicas de hotéis, restaurantes e balneários para melhor assegurar os turistas”, enfatizou.

A entrega da esperada unidade está prevista para o fim do primeiro semestre do próximo ano (2021), trazendo mais segurança e qualidade de vida para os 21,7 mil habitantes de Bonito e turistas que visitam a região.

 Sobre o Projeto

Governo investe R$ 3,1 milhões na construção de quartel do Corpo de Bombeiros (Foto:Divulgação/Portal do MS)

O bloco administrativo contará com recepção, sanitários, copa, almoxarifado, sala de análise e sala de vistoria/expediente. No primeiro andar serão construídos sanitários, sala do estado maior integrado, assessorias e sala do comandante com lavabo.

Já o bloco operacional terá uma ampla garagem coberta para até cinco caminhões e sala de reserva operacional para guarda de equipamentos. Por último, o bloco de alojamentos terá sala de descanso e refeições, sanitários, cozinha, lavanderia e os alojamentos, com vestiários masculinos e femininos para sargentos, cabos, soldados e oficiais – que abrigam até 22 bombeiros.

A implantação abrigará ainda pátios de manobra, estacionamentos para 21 automóveis com vagas para pessoas com deficiência e idosos, calçadas acessíveis e paisagismo com amplas áreas permeáveis. Na arquitetura do edifício, o destaque fica com a orientação solar, iluminação natural, conforto térmico e conformidade com a legislação municipal e necessidades operacionais das atividades que serão desenvolvidas.

O projeto tem um primoroso acabamento visual, com amplo uso de vidros e revestimentos de fachada em alumínio da cor vermelha, que conferem um destaque para o edifício localizado na entrada da cidade.