• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Vacina é no Braço

Geraldo diz que MS deve alcançar “imunidade de rebanho” até o fim da semana

Isso pode ocorrer no Estado por ser o líder de vacinação no Brasil

Secretário de Saúde Geraldo Resende (Foto: Marco Miatelo)

Durante a agenda da comitiva do Governo do Estado para entrega e autorização de obras em Dourados nesta segunda-feira (30), o secretário de Saúde, Geraldo Resende, disse que espera que até o final dessa semana, Mato Grosso do Sul alcance a imunidade de rebanho.

A tal da imunidade de rebanho, citada desde o começo da pandemia, ocorre quando uma porção significativa da população se torna imune a uma doença infecciosa, limitando sua propagação. Isso pode ocorrer no Estado por ser o líder de vacinação no Brasil.

MS é o primeiro a aplicar a 3º dose da vacina em idosos institucionalizados com 60 anos ou mais, e com mais de 80 anos do público geral, além de pessoas com alto grau de imunossupressão.

Essa nova etapa foi iniciada no dia 27 de agosto, enquanto outros Estados devem começar apenas no dia 15 de setembro.

A vacinação continua em adolescentes de 17 a 12 anos e de acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), em parceira com os municípios, é realizada de forma simultânea, a busca ativa em pessoas acima de 18 anos que ainda não se vacinaram.

Segundo Geraldo, a agilidade em continuar a imunização é para aproveitar o empenho das equipes e espera-se que até o dia 15 do próximo mês, todo o público vacinável em MS esteja imunizado. “Caiu muito bem o manto que nós construímos, lugar de vacina é no braço e não na geladeira”, finalizou. 

(Informação Dourados News)