• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Estão suspensas autorização ambientais de queima controlada no Pantanal

O Estado já tomou uma série de medidas para intensificar o combate aos focos de calor na região

Estão suspensas autorização ambientais de queima controlada no Pantanal (Foto:Divulgação/Portal do MS)

Todas as autorizações de queimadas controladas no Pantanal estão suspensas por um período de 180 dias. A medida está em vigor desde sexta-feira (24), com a publicação do decreto que declara situação de emergência ambiental na área do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro anunciou que os ministros do Meio Ambiente da Defesa, Ricardo Salles e general Fernando Azevedo, atenderam ao governador e solicitaram o planejamento da ação integrada no Pantanal que terá aeronaves e brigadistas.

O Governo do Estado já tomou uma série de medidas para intensificar o combate aos focos de calor na região do Pantanal, com ênfase aos incêndios que ocorrem na borda do Rio Pantanal, em frente a cidade de Corumbá e Ladário.

Atendendo a pedidos do governador Reinaldo Azambuja, o governo federal garantiu, na noite de sexta-feira mesmo, todo apoio operacional a nova força-tarefa que entrou em operação já no fim de semana. Foram pedidos um helicóptero do Ibama e um avião Hércules, e um helicóptero Pantera do Exército para transporte dos brigadistas às áreas de difícil acesso.

Corpo de Bombeiros, brigadistas do Ibama, além da Polícia Militar Ambienta (PMA), que investiga a origem dos focos já estão em campo.

O decreto se sustenta “no conjunto de fatores ambientais negativos que resultam na propagação de incêndios florestais, no prejuízo à navegabilidade dos rios, culminando na emissão de altíssimos índices de fumaça que prejudicam ainda mais a saúde da população de toda a região.

Veja Também