• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Incêndio em Usina

Corpo de funcionário de usina que explodiu é encontrado

Luiz Chagas de Lima estava desaparecido desde que o incêndio começou na usina Passa Tempo

Incêndio começou após explosão de tanque de etanol (Foto: Maracaju Speed)

Depois de pouco mais de 24 horas da explosão de tanque que provocou incêndio na Usina Passa Tempo, na cidade de Rio Brilhante, o corpo do funcionário que estava desparecido foi localizado.

Em nota oficial, a Biosev, grupo do qual a empresa faz parte, lamentou "informar que as equipes de busca localizaram o corpo do colaborador que estava desaparecido desde o registro do incêndio que acometeu um dos tanques de etanol da Unidade Passa Tempo. A prioridade da empresa neste momento é providenciar todo o suporte e apoio à família do colaborador. A Companhia reitera ainda que não medirá esforços para apoiar as autoridades competentes na investigação e nos esclarecimentos dos fatos."

As buscas pelo funcionário Luiz Chagas de Lima, de 42 anos, começaram logo após o incêndio. Seu corpo foi encontrado dentro do reservatório que explodiu pelos militares do Corpo de Bombeiro. O corpo será encaminhado para autópsia em Dourados. Ele estaria próximo ao local da explosão do tanque. O acidente que começou por volta das 6h da manhã desta terça-feira (17).

Conforme o tenente-coronel Fernando Carminati, relações públicas do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, durante toda a tarde e noite de ontem foi feito o trabalho de resfriamento. Hoje o foco era fazer os procedimentos de buscas do funcionário desaparecido. “Nós procuramos embaixo da tampa do tanque que pesa 22 toneladas. Foi preciso usar guindaste e maçarico para fazer a remoção”, afirma Carminatti.

O corpo foi localizado no início da manhã desta quarta-feira (18) durante os trabalhos de resfriamento dos escombros.

Bombeiros atuando na contenção das chamas (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

As chamas destruíram o tanque e chegaram a atingir a parte superior do equipamento. Para controlar o fogo foram usadas 4 viaturas, 10 militares, 30 brigadistas e 10 caminhões tanque da empresa.

Foto: Maracaju Speed

Veja o vídeo do momento do incêndio na Usina Passa Tempo, em Rio Brilhante: