• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
EDU REJALA

Professor, consultor e Chef Nikkei, especializado na fusão das cozinhas peruana e japonesa. Idealizador do projeto 'O Cromossomo do Amor' que ensina técnicas da cozinha para jovens com síndrome de down.

Minhas Redes Sociais:

Wanchako

WANCHAKO by Chef Simone Bert

Um pedacinho do Peru em território brasileiro

Olá pessoal, sejam bem-vindos ao meu Diário de Influência, uma plataforma regional do Mato Grosso do Sul, 100% digital pela TV MS Record.

Como prometido, o artigo de hoje, será dedicado a este restaurante digno de 3 ESTRELAS MICHELIN, e que está localizado bem aqui, em solo brasileiro, em terras Alagoanas sob o comando da Chef Simone Bert.

“O  Guia Michelin é o principal indicador do quão boa pode ser a experiência de comer em determinado restaurante. Por isso, ele é considerado a bíblia da gastronomia. O Guia avalia mais de 30 mil estabelecimentos em três continentes! Até hoje, mais de 30 milhões de livretos já foram vendidos no mundo todo”.

Fonte: passagensimperdiveis.com.br

 Então senhores e senhoritas, estão preparados? Coloquem suas máscaras de  oxigênio para mergulhar nas profundezas de um Oceano colorido, diversificado, grandioso, brilhante e que vai deixar suas papilas gustativas enlouquecidas.

“UN PLATO AMOROSO Y DE SENSACIONES FUERTES Y COMPROMETIDAS, EL CEBICHE ÉS INSTIGADOR, PROVOCADOR Y CELESTINO.” – Chef Simone Bert,

Um artigo que irá contar um pouco da história deste gigante que desbravou os Oceanos Pacifico e Atlântico até a merecida vitória e o reconhecimento como a melhor cozinha peruana no Brasil.

Filha de pescador (seu João), casada com José Luis, mãe de três e amante da cozinha peruana, Simone Bert, é a Chef e sócia-proprietária do restaurante WANCHAKO.

Alagoana, educadora física por formação e super premiada. Irei listar alguns dos prêmios dessa talentosa mulher, guerreira que eu tive a HONRA  e o PRIVILÉGIO de trabalhar pelo menos em três ocasiões.

  • O GUIA 4 RODAS reconheceu o WANCHAKO como o melhor culinária peruana no Brasil.
  • De 2008 a 2013 a revista VEJA MACEIÓ o elegeu como o melhor restaurante da cidade.
  • Em 2015 recebeu o prêmio DÓLMÃ como melhor Chef de Alagoas.
  • Etc..

A paixão de Simone pela cozinha vem desde a infância, quando preferia brincar de fazer comidinhas e limpar peixe, e quando se casou, seu dom foi despertado ao morar com sua sogra, exímia cozinheira, que lhe ensinou os segredos da culinária peruana.

Fonte: wanchako.com.br

Há mais de 23 anos, quando ainda pouco, ou quase nada se falava sobre o Peru, o WANCHAKO abria suas portas para os alagoanos e turistas de toda parte do mundo, que busca aconchego em terras alagoanas. E acolher, é a cara do WANCHAKO, que desde 1996, encanta  as vistas com tons quentes, e decorações legítima peruana. E o MENU? Ah, o MENU, a cereja do bolo deste autêntico restaurante que no próximo setembro completará 24 anos!

Um MENU que a cada estação é renovado, trazendo o que tem de mais fresco na estação, numa mistura que se tratando das mãos de Simone é pelo menos uma  louca mistura de temperos brasileiros e peruanos marinando os peixes e frutos do mar do Atlântico. Entradas, ceviches, tiraditos, peixes, massas, carnes e sobremesas, um livro de sabores que irá te levar a uma viagem gastronômica inesquecível.

Você acredita que lá no WANCHAKO, eles servem uma cortesia completamente inusitada e que, simplesmente te fará voltar lá. Umas torradinhas com maionese de azeitona roxa e cebola roxa curtida no vinagre de arroz. Simplesmente assim, de tão incrível que tudo no WANCHAKO é maravilhoso.

Em 2016 estive uma semana em Maceió, e adivinhem quantas noites jantei no Wanchako? Das 5 noites que estive naquela cidade, desbravei quatro noites os sabores daquele lugar.

São muitas as que considero melhores opções para citar aqui, então quando estiver lá, te aconselho a fazer duas coisas: abra o cardápio, feche os olhos e escolhe aleatoriamente ou peça que a Chef mande o que ela quiser e se surpreenda.

Laminas de robalo, leite de tigre, camarão, azeitona de polvo e um toque de laranja, assim eu defino o TIRADITO mais saboroso que já provei na minha vida, TIRADITO WANCHAKERO.

Se permita provar o POLVO da Chef Simone, presenteie seu paladar com essa iguária,  peça como quiser, no ceviche ou grelhado e irá compreender a magia deste lugar.

Restaurante WANCHAKO by Chef Simone Bert

Rua Francisco de Assis, 93 Jatiúca, Maceió, AL, Brasil

DESBRAVE UM OCEANO DE CORES & SABORES!!

Chef Simone Bert, um beijo grande para você, meus parabéns, pra você eu tiro meu chápeu, que além de profissional 5 estrelas é um grande ser humano, abençoada e protegida pelo Pai. Muito obrigado pelos ensinamentos, por tudo. Amiga de ouro.

Então quando tudo isso passar e a gente pode voltar a nossas rotinas de viagens, você já sabe onde tem que ir. Obrigado pela sua atenção.

Att.. Chef Edu Rejala.

 Me ajude a levar esse artigo adiante. Comente, compartilhe nas redes sociais e marca meus @, profissional e o pessoal, @chefedurejala ou @edurejala.

Obrigado.

“A gastronomia aproxima as pessoas. Onde tem comida, tem alegria e também relacionamento”Chef Edu Rejala.

BOM APETITE !!


DEIXE SEU COMENTÁRIO