• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Hospitais federais abrem seleção para contratações emergenciais

HU terá vagas para diferentes especialidades médicas, fonoaudiólogo e técnico em Necropsia

(Foto: Arquivo – Diário Digital)

Estão abertas, até às 12 horas do dia 19 de março, próxima sexta-feira, as inscrições para o Processo Seletivo Emergencial (PSE) da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh/MEC), destinado à contratação temporária de profissionais em diversas especialidades para atuação no combate à pandemia nos hospitais federais vinculados à Rede Ebserh. O objetivo dessa seleção é formar cadastro reserva em diferentes especialidades de médicos, enfermeiros, técnicos e fonoaudiólogos.

No Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar/Ebserh), estão abertas vagas para médicos nas especialidades: Anestesiologia, Clínica Médica, Medicina de Emergência, Medicina Intensiva, Medicina do Trabalho, Plantonista, Ginecologia e Obstetrícia, Infectologia, Nefrologia, Neonatologia, Pneumologia, Radiologia e Diagnóstico por imagem, além de vaga para técnico em Necropsia e fonoaudiólogo. Os profissionais serão convocados conforme a necessidade do HU.

Inscrições - Os interessados em participar dessa seleção para formação de cadastro reserva devem preencher formulário eletrônico, anexar currículo, diploma e documentação que comprove a experiência profissional. Todas as instruções, acesso aos editais e formulários de inscrição estão disponíveis no link https://bit.ly/3cRD29Z. As inscrições devem ser feitas até às 12 horas da próxima sexta-feira (19/3).

Sobre a Rede Ebserh - Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares possuem características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país. Desde o início da pandemia no Brasil, a Ebserh já contratou mais de 4 mil profissionais em seleções emergenciais.