• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
MS 44 Anos

Aniversário da criação do Estado tem programação cultural variada

A partir do dia 12 a Gerência de Patrimônio Cultural exibe uma sequência de lives sobre Cultura, Gestão e Memória em MS

(Foto: Henrique Theotônio – Divulgação)

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul promove uma variada programação para comemorar os 44 anos do Estado. Neste dia 11 haverá, na Concha Acústica Helena Meirelles, apresentação da cantora Delinha e seus convidados, e a partir do dia 12 a Gerência de Patrimônio Cultural exibe uma sequência de lives sobre Cultura, Gestão e Memória em MS; também no dia 12 haverá a exibição de documentários no Autocine produzidos durante o curso ministrado pelo MIS e TVE, a partir das 19 horas. E junto com as apresentações dos shows na Concha haverá uma Feira de Artesanato em parceria com as associações do setor.

“Felizmente estamos retomando as atividades com a vacinação avançada e neste ano conseguiremos celebrar mais um aniversário do nosso MS. Nossa cultura é rica, com grandes nomes como a icônica cantora Delinha, entre tantas outras atrações que estamos preparando para esses dias de comemoração. Estamos em pleno desenvolvimento e com muitas razões para festejar o pleno desenvolvimento do nosso Estado”, ressalta João César Mattogrosso, Secretário de Estado de Cidadania e Cultura.

O show musical em homenagem à cantora Delinha, embaixadora cultural de Mato Grosso do Sul, será no dia 11 de outubro, a partir das 19 horas. Com aproximadamente uma hora e quarenta minutos de duração, artistas locais de diferentes gerações e estilos musicais em dueto com a anfitriã Delinha, retratarão as belezas da diversificada música da cultura local.

Uma banda base, formada por músicos experientes, acompanhará Delinha e todos os convidados, sob a coordenação, direção artística e produção musical do músico campo-grandense Otávio Neto. os convidados que vão cantar com a Delinha são: João Paulo, Castelo, Beth & Betinha, Aurélio Miranda, Celito Espíndola, Filho dos Livres, Begèt de Lucena, Ton Alves, Karla Coronel, Alba Lessa (Três Lagoas), André Stábile, Negabi, Rodrigo Teixeira, SoulRa (Dourados), Andressa Chinzarian, Jerry Espíndola e Chalana de Prata. O show será híbrido, com a possibilidade de público presencial e transmissão ao vivo pelos canais virtuais.

Junto com os dois shows na Concha Acústica Helena Meirelles haverá uma Feira de Artesanato e Moda Autoral MS ao lado do palco, organizada pela Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura de MS com as associações de artesanato do Estado. Serão duas tendas com peças da nossa terra, produzidos por nossos criativos artesãos, que estarão disponíveis para compra durante os dois eventos, das 16 às 22 horas.

No dia 12 de outubro, às 19 horas, no Auto Cine da UFMS, haverá o lançamento dos Documentários MS em Imagens e Sons produzidos durante o curso Ministrado pelo MIS e TVE Cultura - Prêmio Darcy Ribeiro e entrega dos certificados aos participantes do curso.

Encerrando a programação, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul vai exibir uma série de lives, do dia 13 ao dia 15, sempre às 19 horas, sobre “Cultura, Gestão e Memória em MS”. Os convidados, pessoas da área da cultura que já passaram pela gestão, seja de espaços culturais, seja de projetos, e têm dentro de suas produções parte da memória que se refere ao Estado, vão colocar à tona, para que outros conheçam, suas memórias que transitam na área da cultura. As lives serão transmitidas diretamente da Biblioteca Pública Estadual Isaias Paim ao vivo para os canais virtuais.

Veja Também