• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Crime ambiental

PMA apreende 1.250 litros de diesel ilegal em Sidrolândia

Além do combustível, fazendeiro armazenava 2.760 litros de agrotóxico e contaminava área

Infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Ambiental de Campo Grande (MS) aplicou multa de R$ 20 mil em agricultor de Sidrolândia (MS) que armazenava ilegalmente agrotóxicos e combustível e apreendeu 2.760 litros de agrotóxicos e 1.250 de diesel.

O fato ocorreu ontem, 17 de Dezembro, quando os Policiais Militares Ambientais localizaram a infração durante fiscalização ambiental no assentamento São Pedro, localizado no município de Sidrolândia.

O infrator de 48 anos foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil da cidade e responderá por crime ambiental de armazenamento inadequado de produtos perigosos cuja pena prevista é de um a quatro anos de reclusão.

Em nota à imprensa hoje, 18 de Dezembro, a PMA afirmou que encontrou os produtos em um barracão sem condições de armazena-los e sendo utilizados sem cuidado. Ainda havia embalagens vazias e com agrotóxicos espalhadas nas proximidades do barracão e em outros locais.

Os produtos ficavam com livre acesso a pessoas e animais, bem como não havia no local rótulos de risco de indicação de área com produtos perigosos e sem proteção do solo.

Além disso, havia combustível contaminando o solo, no local onde seria a área de abastecimento de máquinas.

O armazenamento dos materiais tóxicos contrariava as normas técnicas e a legislação ambiental, bem como as orientações do fabricante prescritas na bula dos produtos.

A atividade foi interditada e todo o material foi apreendido.

O órgão ambiental estadual (Imasul) efetuará o julgamento da infração e decidirá sobre a destinação final do produto perigoso apreendido.

(Com informações de PMA)

Veja Também