• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Assaltante morto em confronto tinha várias passagens

Acusado e mais três cometeram assalto a motorista de aplicativo e reagiram a ação da polícia

Batalhão de Choque recuperou veículo levado de motorista de aplicativo por assaltantes (Foto: Divulgação/Choque)

Foi identificado como Theilor Tiago Sixtro Ferreira, de 20 anos, o assaltante morto em confronto com polícias do Batalhão de Choque, na madrugada desta terça-feira (9), no Bairro Mário Covas, em Campo Grande. O rapaz era suspeito de roubar um carro junto com mais três homens e tinha várias passagens pela polícia, incluindo atos infracionais ainda na adolescência.

Entre os atos infracionais e crimes que aparecem na ficha de Theilor estão furto, roubo, dirigir sem CNH, porte de droga e furto qualificado. Depois de completar 18 anos, o rapaz tem passagem por roubo, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e porte de drogas para consumo.

 O confronto nesta terça-feira aconteceu após um roubo a um motorista de aplicativo, nas imediações da Vila Albuquerque. O acusado que morreu usava tornozeleira eletrônica.

O assalto ao motorista de aplicativo aconteceu por volta das 23 horas quando quatro bandidos levaram seu carro e seu celular. Em seguida as polícias foram comunicadas e o Batalhão de Choque iniciou as diligências.

No bairro Mário Covas os PM's encontraram o grupo de bandidos e um deles acabou morto em uma troca de tiros. O acusado chegou a ser socorrido, mas morreu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas. Outros dois foram presos e um conseguiu fugir. O veículo utilizado para cometer o crime não foi localizado.

Veja Também