• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Fronteira

Acusado de matar candidato a vereador é preso

Homem foi localizado dentro de um templo armado com uma pistola nove milímetros

O caso foi registrado como tráfico de drogas (Foto: Arquivo/Diário Digital)

Um homem de 20 anos de idade, acusado de matar duas pessoas no país vizinho foi presa pela Polícia Nacional do Paraguai na terça-feira (26).

Ele é suspeito de ter matado o candidato vereador Bartolomé Morel Gauto de 58 anos, no dia 30 de Setembro.

Além do candidato, é suspeito pela morte do funcionário do Ministério da Agricultura do Paraguai, Felipe Godoy Amarilla.

Na data, o rapaz estava dentro de um templo, armado com uma pistola nove milímetros.

Conforme o Ponta Porã News, há duas versões para isso: a primeira é que ele mataria o pastor que celebrava o culto e a segunda, é que ele estaria morando na igreja.

(Com informações Ponta Porã News)