• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Geral

Último envolvido em homicídio ocorrido em 2022 é preso pela Polícia Civil em Aquidauana

A Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Aquidauana-MS cumpriu, nesta terça-feira (31), mandado de prisão preventiva em desfavor indivíduo de 20 anos de idade, um dos autores do crime de homicídio ocorrido na Vila Pinheiro

Quinta-feira, 02 Novembro de 2023 - 14:49 | Redação


Último envolvido em homicídio ocorrido em 2022 é preso pela Polícia Civil em Aquidauana
(Foto:Reprodução/ Polícia Civil)
A Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Aquidauana-MS cumpriu, nesta terça-feira (31), mandado de prisão preventiva em desfavor indivíduo de 20 anos de idade, um dos autores do crime de homicídio ocorrido na Vila Pinheiro, na cidade de Aquidauana no ano de 2022. Ele foi capturado na casa de parentes, na região da Vila Pinheiro. 
 
O homicídio
 
Na época dos fatos, o autor, juntamente com outros dois indivíduos um de 41 e outro de 22 anos , foram até a residência onde a vítima Rony Felipe Delmondes Santos, de 20 anos de idade estava com a namorada e outros amigos e acabaram se desentendendo. A vítima foi golpeada com faca na região do abdômen, chegou a ser socorrida, mas acabou falecendo. 
 
Os indivíduos de 41 e 22 anos foram presos em flagrante no dia dos fatos, porém, o outro homem de 20 anos estava foragido desde então. 
 
Os crimes contra a vida representam uma grave e séria violação da norma penal e uma ameaça a segurança da comunidade local. A autuação da Polícia Civil, por meio do cumprimento de mandados de prisão preventivas, demonstra o comprometimento da Unidade Policial em garantir justiça e segurança pública para a cidade de Aquidauana. 
 
O cumprimento de mandados de prisões preventivas são um passo crucial no processo legal, permitindo, dessa forma, que o autor seja detido e conduzido às instâncias judiciais para, assim, responder pelas acusações imputadas, enfatizando, dessa forma, a importância do sistema policial na preservação da ordem social e na responsabilização daqueles que cometem atos criminosos graves.

SIGA-NOS NO Google News