• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Geral

Para quitar dívida, homem transporta maconha

Terça-feira, 29 Janeiro de 2019 - 10:24 | Redação


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu em Guia Lopes da Laguna/MS, no fim da noite desta segunda-feira, 28 de janeiro, 1,8 toneladas de maconha em caminhonete e prendeu seus batedores. O motorista alegou que estava realizando o transporte para quitar uma divida no valor de R$ 5 mil. O entorpecente seria transportado de Bela Vista/MS até Campo Grande/MS.

Conforme as informações durante fiscalização os policiais observaram um GM/Prisma com a placa de Dourados/MS, passar com velocidade acima do comum para o local. Logo em seguida, passou um Ford/Ranger com placas de Campo Grande/MS em atitude suspeita e foi então abordada.

A caminhonete era conduzida por um homem de 26 anos e se mostrou bastante nervoso com a abordagem. Em fiscalização ao veículo, os policiais encontraram na carroceria, uma grande quantidade de tabletes de maconha, que após pesagem totalizou 1,8 toneladas de maconha.

Os policiais rodoviários federais informaram a equipe da Polícia Militar em Nioaque/MS. Os militares conseguiram abordar os 2 veículos suspeitos. O GM/Prisma, que passara antes da caminhonete, era conduzido por um homem de 23 anos. Esse mesmo homem havia sido preso há 10 dias pela PRF com veículo roubado. O carro que passou depois e foi abordado pela PM foi um VW/Santana com placas de Anastácio/MS e era conduzido por um homem de 25 anos.

Em vistoria aos veículos foram localizados rádios amadores velados em funcionamento. Ambos operavam na mesma frequência, que era utilizada no rádio encontrado na caminhonete com o entorpecente. Os dois condutores confirmaram que “escoltavam” a Ranger com a maconha.

A caminhonete embora ostentasse placas de Campo Grande/MS, se tratava, na verdade, de veículo com placas de Arujá/SP, com registro de furto/roubo.

Os indivíduos, os veículos e a droga foram encaminhados para Delegacia de Policia Civil em Guia Lopes da Laguna/MS e poderão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico e receptação.

SIGA-NOS NO Google News