• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Solidariedade

‘Choop Solidário’ arrecada alimentos para entidades da Capital

Conforme o diretor da Moema, a segunda edição espera 15 toneladas de doação

(Foto: Marco Miatelo)

Na manhã deste sábado, 20 de Novembro, começou a segunda edição do Drive Thuru "Choop Solidário" em Campo Grande (MS), evento que troca 3 quilos alimentos por 3 litros de Choop Moema. Para a distribuição, o evento conta com 10 pontos de troca distribuídos nos Altos da Afonso Pena em frente ao Parque dos Poderes, ao lado do Aquário do Pantanal. A ação solidária teve início às 9h porém o evento está previsto para encerrar às 16h.

A ação é realizada pelo "Instituto TamoJunto", e segundo o organizador do evento e servidor público, Carlos Alberto, o evento surgiu no ano passado. "Foi durante a pandemia, onde percebemos que as pessoas estavam muito necessitadas, e era necessário achar uma forma de de ajudar mais as pessoas", comenta o organizador de 62 anos de idade.

Organizador Carlos Alberto afirma que a ação é uma forma de ajudar a população (Foto: Marco Miatelo)

Ainda de acordo com o organizador, o Instituto "TamoJunto", que completa dez anos em 2021, sempre foi responsável por atividades que visa ajudar as pessoas que precisam de suporte. Entretanto, em meio da pandemia, a necessidade se tornou ainda maior e, que foi neste momento que os organizadores descobriram um evento similar ocorrendo no Paraná (PR), onde se trocava choop por alimento e, foi daí que surgiu a adaptação para o Estado. "Procuramos algumas empresas que trabalham com bebidas e a Bamboa com o Choop Moema abraçou a nossa ideia".

Os moradores da Capital, poderão fazer as doações e receber até 9 litros por veículo e, em poucos minutos do início do evento, já havia filas no local. O funcionário público André Cabreira de 50 anos, contou que doou 10 quilos este ano e que ano passado também participou da primeira edição. "O objetivo do evento é ajudar quem tá precisando e, querendo ou não, brasileiro gosta de uma cerveja. Então nada mais fácil do que atrair o povo para ajudar trocando por bebida, e a gente sabe que no fundo é ajudar quem necessita e acredito que igual ano passado, este ano vai ser um sucesso".

Carlos Alberto ainda relembra a adesão da população com o evento da edição que foi feita ano passado, "foi uma surpresa, iríamos fazer 10 mil litros, e no meio do dia, fomos para 15 mil litros, e até o final da tarde encerramos com 20 mil litros e arrecadamos 20 toneladas de alimento".

Compareceu ao evento também, o Diretor de Expansão da Bamboa que conta que o evento é um projeto desenvolvido em conjunto com a cervejaria e o Instituto "TamoJunto". "Fizemos o primeiro evento no auge na primeira onda de covid-19, no qual, muita gente ficou desempregada, e agora, com um número grande pessoas vacinadas ainda ficou têm muita gente desempregada e a intenção dessa arrecadação é fazer um Natal solidário para essas pessoas".

Diretor de Expansão da Moema (Foto: Marco Miatelo)

Diferente da edição do ano passado, este ano os organizadores trabalharão com apenas 15 mil litros de choop. Entretanto a população, mesmo com uma eventual falta da bebida, ainda poderão doar os alimentos, assim como feito na primeira edição. "Ano passado, no meio do evento, acabou o choop, e as pessoas continuaram a doar os alimentos".

A proposta deste ano é de arrecadar 15 mil toneladas. Durante a produção desta reportagem, Carlos afirmou que, em 25 minutos oficiais de evento, já arrecadaram aproximadamente 5 toneladas.

Oficialmente, o evento começava as 9h da manhã, entretanto, Carlos contou que ao chegar cedo, percebeu que já haviam pessoas na fila da doação e, conta uma história de um rapaz que estava saindo do serviço noturno, e aproveitou para participar do "Choop Solidário". "Cheguei 6 horas da manhã para organizar tudo e, já tinha um senhor que trabalha durante à noite e que tinha saído do emprego e estava esperando dar nove horas, para fazer a entrega. Isso não tem preço, e aí tivemos que começar cedo, pois, a fila já era grande". "É isso que nos motiva, saber que existem pessoas boas que gostam de doar mas não sabem onde e nem como, e hoje é uma oportunidade, até as 16h ou até durar o estoque".

De acordo com Carlos, as doações serão entregues para entidades reconhecidas de Campo Grande.