• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Educação

Com retorno às aulas, denúncias de casos de abuso sexual deixam comunidade escolar em alerta

Casos de abusos sexuais ocorreram durante a pandemia, período das aulas on-line

(Foto: Luciano Muta)

O retorno presencial escalonado das aulas da Rede Municipal de Ensino (Reme), teve inicio no dia 26 de julho. De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes, a volta foi positiva, e não teve casos de Covid-19 e nenhuma escola precisou ser fechada. Apesar das atividades seguirem em ritmo tranquilo, as denúncias de casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes que chegaram às escolas colocaram a comunidade escolar em alerta.

Secretária Municipal de Educação Elza Fernandes (Foto Luciano Muta)


Conforme a secretária os casos denunciados estão sendo investigados. " Até o momento 13 casos foram registrados em que menores relataram que foram abusados durante essa pandemia, período em que os alunos estiveram em casa. Os casos foram encaminhados para Conselho Tutelar e depois para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente, todos estão sendo investigados ", explicou durante entrevista ao programa Noticidade Primeira Edição da Rádio FM Cidade 97.


Segundo Elza Fernandes, nesse período de pandemia, dois mil alunos saíram das escolas particulares para as escolas públicas. " Foi preciso fazer todo um projeto para receber esses alunos, uma preparação foi feita pelos professores e coordenadores, além da grande procura pelos pais para que os alunos voltassem às aulas presenciais. Todo preparo feito pela escola em relação a Covid-19 mantendo o distanciamento usando máscara", ressaltou.

Veja Também