• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Procon encontra variação de 189% no preço da carne na Capital

Pesquisadores foram a 18 estabelecimentos comerciais para fazer um levantamento dos preços praticados

(Foto: Divulgação)

Pesquisa do Procon Campo Grande, realizada entre os dias 22 e 23 de julho de 2021, percorreu 18 estabelecimentos comerciais para fazer um levantamento dos preços praticados nos cortes das carnes bovina, suína e ave.

Foram visitados nove casas de carne e nove supermercados. A maior margem percentual foi no corte de ave/ coração, que registrou uma diferença de 189%.

No caso do corte de ave/coração, o menor preço praticado conforme os locais pesquisados foi de R$ 15,99 e o maior preço atingiu R$ 45,99, com diferença de 189%.

Outro corte de carne com variação expressiva foi a bisteca suína, com uma diferença de 167% na variação de preço, tendo o menor preço de R$ 19,99 e maior preço de R$ 31,49.

Em seguida, o corte da carne bovina/ponta de costela apresentou uma diferença de 133%, e o corte da carne suína/lombo aparece com uma variação de 125%. Já o corte de carne/ peito de ave aparece com diferença de 109% na variação de preço.

A análise utilizada se baseia na comparação com pesquisa realizada em dezembro de 2019, pelo forte impacto causado pelos valores desses produtos, principalmente o item da carne bovina , com o intuito de mensurar a alta dos preços entre aquele período e o atual momento que vivenciamos com a pandemia da Covid-19.

A tabela com os valores praticados nos estabelecimentos pesquisados pode ser acessada AQUI.

Veja Também