• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
LUDI E COELHO

Wellington Jacques, o Coelho, e Ludimila Rotta, a Ludi, formam um casal apaixonado por viagens. Na formação profissional ele é cientista da computação e ela se graduou em Administração. São movidos pelo interesse em explorar o Brasil e o mundo. Todas as experiências, aventuras e belas histórias eles contam no Blog Jornadas Incríveis.

Minhas Redes Sociais:

Viajando no digital: Cachoeira do Peixe

Quando pensamos em viagens logo vem na cabeça irmos para um lugar bem distante. Mas nem sempre a distância garante que teremos muitas belezas naturais e, na maioria das vezes, nem precisamos ir tão distante assim para descobrirmos lugares incríveis.

E foi assim que partimos ruma a cidade de Rio Negro, localizada a cerca de 130 km da Capital, em busca da fantástica Cachoeira do Rio do Peixe. No caminho já podemos observar a exuberância de toda a natureza, repleta de araras e tucanos sobrevoando todo o trajeto.

Seguindo pela MS-080, bem próximo a Rio Negro, há uma entrada a direita que levará a tão sonhada cachoeira. Será um trajeto curto de terra pela MS-340, mas a estrada está em boas condições.

Após alguns quilômetros você passará pela ponte do Rio do Peixe e encontra a sede de uma fazenda a sua esquerda. Deixe o carro ali e faça o trajeto até a cachoeira que estará a poucos metros de distância da estrada.

A trilha para a descida até a praia é de nível médio/difícil para quem não está habituado, mas a beleza vista lá é surreal. Os sons dos passarinhos se misturam com o som da queda d’agua, uma sensação de paz e tranquilidade indescritível.


Para quem gosta de natureza é um passeio obrigatório para conhecer as riquezas do nosso Mato Grosso do Sul. Leve muita água e comidas para passar o dia e se refrescar nas águas de tons vermelhos, mas que ao chegar perto você observa o quanto é límpida e transparente. Ao visitar o local não deixe de levar todos os seus resíduos embora, afinal a preservação é o presente mais valioso que podemos dar a natureza.


DEIXE SEU COMENTÁRIO