• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
IARA VILELA

Jornalista especializada em Turismo. Acredita que viajar é sempre a melhor escolha. Compartilha em suas redes sociais e no blog Viajando Aprendi as experiências das viagens por 48 países e mais de 160 cidades espalhadas por cinco continentes. Quer inspirar as pessoas a viajarem sempre mais.

Minhas Redes Sociais:

Como montar um roteiro de viagem sem firulas

Viajar já com um roteiro pronto é o terror de muitos viajantes que conheço. Há quem se sinta preso ao roteiro pré-definido, há quem deseje ser dono do seu próprio tempo ao menos nas férias e existe quem pensa que um cronograma estragaria todo o clima da viagem.

Já eu acredito que um roteiro serve justamente para otimizar o tempo e nos ajudar a aproveitar ao máximo os dias de férias. Sempre que menciono isso no Instagram (@viajandoaprendi), vejo que as pessoas pensam que é super difícil montar um roteiro! É por isso que hoje vou mostrar 5 dicas de como montar um roteiro de viagem sem firulas! Bem simples, prático e rápido!

COMO FAZER UM ROTEIRO DE VIAGEM

Eu sou conhecida com “a louca do planejamento” pelos amigos justamente pelo fato de gostar de pensar como e com o que vou gastar meus dias de viagem. Gosto de pesquisar o que há para ver e fazer em cada lugar e simplesmente AMO fazer uma lista dos pontos que quero conhecer em cada cidade.
 

Acho super importante um pequeno script com informações básicas da sua viagem, por isso hoje fiz este post para explicar como montar seu roteiro. 

ATENÇÃO: é sempre bom lembrar que um roteiro serve apenas para te orientar. Não tente segui-lo de forma rígida e inflexível. Esteja sempre com a mente aberta para rasgar o roteiro em pedacinhos se desejar mudar sua rota. Vá ser feliz!

1 - LISTE O QUE QUER CONHECER

 Assim que o destino e a duração da viagem estiverem definidos, faça uma lista dos pontos turísticos, bares, restaurantes, museus ou qualquer outra coisa que gostaria de fazer/conhecer em cada cidade. 

Não tenha preguiça! Na hora de montar o itinerário da sua trip, se não souber muita coisa sobre o local para onde vai, lembre-se de que Guias (como Lonely Planet) e blogs de viagem (como o VIAJANDO APRENDI, o melhor blog desse país kkkkk) ajudam muito. Informação não falta!

2 - DISTRIBUA SEU TEMPO

 Pegue a lista das atividades e lugares a conhecer e distribua ao longo dos dias de viagem. Nesse ponto é preciso ser bem realista e saber exatamente que tipo de viagem que quer fazer: prefere conhecer bem poucas cidades ou prefere conhecer um monte no mesmo dia só que superficialmente?

Faça também a equação entre o tempo que ficará em cada cidade e o que gastará na estrada, o que nos leva ao próximo tópico, que é o meio de transporte.

3 - FORMAS DE DESLOCAMENTO

Trem, ônibus, carro, avião, bicicleta ou até barco. Pesquise quais são as melhores maneiras de se deslocar tanto ENTRE cada cidade quanto DENTRO de cada uma delas.

É preciso saber que na área central de muitas cidades antigas não circulam carros, que na Europa os aeroportos geralmente ficam fora das cidades (40 km) e que na Ásia o trânsito em alguns lugares é tão caótico que trechos curtos podem levar horas. Pesquise seu destino, sempre!

4 - CALCULE DISTÂNCIAS

Os mapas são os melhores amigos de quem está viajando por conta. Tanto os mapas físicos quanto os virtuais podem significar uma day-trip inesquecível ou abandonar a visita a determinada cidade que no mapa parece perto, mas que na verdade fica a 300 km de onde você está! 


O Google Maps será seu melhor amigo nessa etapa (e em várias outras)! Ele é muito mais que uma ferramenta que permite calcular rotas e distâncias (mesmo que de carro, ônibus ou a pé)! O Google Maps tem muuuitas funções que são uma mão na roda para os viajantes e você pode conferir as principais clicando aqui. 

5 - PLANEJAMENTO
 

Agora que você já tem um monte de informações sobre o seu destino de viagem, já sabe a distância entre os lugares e distribuiu as atividades ao longo dos dias é hora de montar seu roteiro.

Muitos amigos gostam de fazer tudo em formato de planilha, eu prefiro algo mais simples mesmo, faço no word ou no bloco de notas do celular.

O mais importante passo de todos é que você saiba que não ficará consultando o roteiro toda hora. Então ele tem que ser simples, mas precisa conter as informações mais importantes como nome do hotel, hora do voo/trem/ônibus, quais linhas de metrô passam perto do seu hotel e claro, quais atrações pretende fazer.

Olha só:

No topo do roteiro sugiro que coloque informações como nome e endereço dos hotéis onde vai se hospedar. Se estiver indo para alguma cidade grande, também é legal deixar anotado quais linhas de metrô, trem ou ônibus passam por lá. 

Outra dica legal é programar as visitas por região/bairro, assim você otimiza seu tempo conhecendo lugares novos e não perde tempo em idas e vindas desnecessárias. De resto, é tudo bem simples: basta colocar onde você estará em cada dia de viagem e quais as atividades separadas para ele. Exemplo:
 

28/06 - Paris

Hotel X, rua Y, número tal
Metrô - linha verde / estação Trocadéro.

29/06 - Paris

Ponte Alexandre III

Andar pela Champs-Élysées até o Arco do Triunfo
 

30/06 - Paris - Londres
11h30 - voo JB457

e por aí vai! 


Viu como é simples? Basta você seguir esses cinco passos para fazer um roteiro básico, mas muito funcional para a sua viagem.

Com alguns minutos de pesquisa, você já terá uma ótima noção do que há para fazer no seu destino e também a melhor forma de aproveitar cada segundo da viagem, que é o que queremos né?

Beijos e até a próxima!

Iara Vilela 


DEIXE SEU COMENTÁRIO