• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
KATIÚSCIA GUTTERRES

É advogada mas deixou o universo jurídico para se realizar profissionalmente no segmento publicitário. Criou o blog Madame Amélia que nasceu no Instagram, para uso pessoal. A plataforma traz dicas do universo feminino e doméstico. Seu trabalho é focado em praticidade e inspirações.

Minhas Redes Sociais:

20 passos para proteger sua família do Coronavírus Covid-19!

Oooi, gente! O post de hoje é de UTILIDADE PÚBLICA, com informações corretas e completas para proteger você e sua família do Coronavírus Covid-19! Leia com atenção, adeque seus hábitos e compartilhe esse post nas suas redes sociais, gupos de whatsapp, envie por e-mail... Enfim, vamos espalhar e incentivar a conscientização:

1 - Mantenha a calma! Entrar em pânico, não ajudará a melhorar a situação. Ao contrário, a ansiedade pode influenciar na queda da sua imunidade e deixar você mais suscetível a qualquer mal estar ou virose. Sem contar o desgaste emocional que a ansiedade causa, né?!

2 - Lave as mãos com sabão frequentemente, por no mínimo 20 segundos, esfregando uma mão na outra e entre os dedos!

3 - Evite tocar seu rosto, principalmente a boca, sem estar com as mãos lavadas!

4 - Ao tossir ou espirrar, cubra seu rosto, dê preferência usando seus braços ou ombros.

5 - Evite beijar, abraçar, cumprimentar com aperto de mão! Eu seeei, é muito difícil! Afinal, brasileiros são calorosos e hospitaleiros... Mas é para o nosso bem e das pessoas que amamos!

6 - Evite contato próximo com pessoas doentes, pelo seu bem e pelo delas também.

7 - Mantenha distância dos idosos! Infelizmente, precisaremos nos afastar dos nossos vovôs e vovós! As pessoas com mais 60 anos formam um dos principais grupos de risco. Manter distância, nesse momento, é para o bem deles!

8 - Limpe e desinfete objetos e superfícies usadas com frequência, como celulares, notebooks, tablets, mesa de trabalho, estudo ou de refeições, etc.

9 - Não envie seus filhos para escola, faculdade, curso, estágio se estiverem com qualquer sintoma de gripe ou resfriado.

10 - Não saia de casa, nem mesmo para trabalhar ou fazer compras se você estiver com algum sintoma de gripe ou resfriado. Avise seu chefe e tente trabalhar em home office na medida do possível, faça as compras por delivery ou peça alguém que faça as compras para você e deixe na porta da sua casa.

11 - Se você suspeita que está com Coronavírus não procure os serviços de emergência, como as UPAS (Unidades de Pronto Atendimento), pois nesses ambientes estão as pessoas com maior chance de vulnerabilidade, transmissibilidade e morbidade.

12 - Não sobrecarregue o nosso sistema de saúde! Só procure atendimento se apresentar sintomas mais graves, como falta de ar e forte dor no corpo. Nesse caso, procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) ou UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) mais próxima da sua casa.

13 -  Leve álcool em gel 70% no carro, bolsa ou mochila e deixe disponível em seu comércio ou ambiente de trabalho. Sempre que precisar sair de casa, o álcool gel é seu aliado em situações em que você não puder lavar as mãos.

14 - Nao espalhe fake news e notícias que você desconhece a fonte. Na dúvida, pesquise no site do Ministério da Saúde antes de repassar informações (https://saude.gov.br/)!

15 - Evite aglomerações! Shoppings, cinemas, teatros, shows, festas, aeroportos, rodoviárias, restaurantes (principalmente os fechados e climatizados), etc. Ou seja, saia de casa apenas para o que for estritamente necessário.

16 - Se possível, cancele ou adie suas viagens. Principalmente as que forem se realizar por transporte coletivo (avião, ônibus, trem).

17 - Em filas ou locais que você precise estar e tenha pessoas com sintomas evidentes ao seu redor, a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é para que você mantenha distância de 1 metro.

18 - Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, copos, tereré ou chimarrão, toalhas, celulares...

19 - Pessoas que viajaram ou tiveram algum contato com pessoas vindas de países com transmissão local devem procurar atendimento médico na UBS ou UBSF mais próxima.

20 - Por enquanto, as máscaras faciais não são recomendadas para o público em geral. Ela é fundamental apenas para quem está com sintomas (febre ou tosse) e para quem está em contato direto e cuidando dessas pessoas. Se você tiver sintomas respiratórios como tosse ou espirro, os especialistas recomendam o uso de uma máscara para proteger os outros. Isso pode ajudar a conter gotículas que contenham qualquer tipo de vírus, incluindo a gripe. A OMS recomenda o uso racional deste recurso para evitar desperdício e a falta deste insumo devido a utilização sem critérios.

E caso você ainda tenha dúvidas sobre o que é e quais os sintomas do Coronavírus COVID-19, confira aí:

O que é o coronavírus?

Segundo a OMS, o coronavírus é uma família de vírus que pode causar doenças em animais ou humanos. Em humanos, esses vírus provocam infecções respiratórias que podem ser desde um resfriado comum até doenças mais severas como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O novo coronavírus causa a doença chamada COVID-19.

O que é COVID-19?

COVID-19 é a doença infecciosa causada pelo mais recente coronavírus descoberto. O vírus e a doença eram desconhecidos antes do surto iniciado em Wuhan, na China, em dezembro de 2019, que agora assola povos de diversos países, inclusive o povo brasileiro. Só no Mato Grosso do Sul, até o presente momento, temos 2 casos confirmados e 4 suspeitos.

Quais são os sintomas do COVID-19?

Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca. Houve alguns relatos de sintomas gastrointestinais (náusea, vômito e diarreia) antes da ocorrência de sintomas respiratórios, mas esse é principalmente um vírus respiratório. Alguns pacientes podem também apresentar dores, congestão nasal, coriza e dor de garganta. Os sintomas geralmente começam de forma discreta e evoluem de forma gradativa.

Vamos juntos vencer essa pandemia!!!!

Com amor,

Madame Amélia!


DEIXE SEU COMENTÁRIO