• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Senac abre 75 vagas gratuitas em cursos na área da Tecnologia da Informação

Oportunidades são para os cursos: administração de dados, programador de sistemas e outros

(Foto: Divulgação)

O Senac Hub Academy, em Campo Grande, oferece oportunidades de qualificação gratuita na área da Tecnologia da Informação, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG) e do programa Educação 4.0, a Nova Trilha TI no Senac. São oferecidas 75 vagas, em nove cursos.

As vagas são para os cursos: Administração de Banco de Dados; Programador de Sistemas; Gestão de Banco de Dados e SQL; Business Intelligence com Excel; Arquitetura de Sistemas Cloud Computing; Proteção de Dados em Segurança de Redes de Computadores; Programação Web com PHP; Lógica de Programação e Administrador de Redes.

As inscrições devem ser realizadas nos meses de outubro e novembro, e cada curso possui uma data específica para inscrição e início das aulas, também nos meses de outubro e novembro. As vagas são garantidas por ordem de matrícula, conforme orientações dos editais disponíveis no site da instituição.

O projeto é realizado via PSG – Programa Senac de Gratuidade, que destina-se a pessoas de baixa renda – cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse 2 (dois) salários mínimos federais – na condição de alunos matriculados ou egressos da educação básica e trabalhadores empregados ou desempregados, priorizando-se aqueles que satisfizerem as duas condições: aluno e trabalhador.

Quem não se enquadrar nas exigências para as vagas gratuitas poderá optar pelas vagas pagas, nos mesmos cursos, com 30% de desconto, na promoção de inauguração do Hub Academy. Na hora da matrícula, no site, basta usar o cupom HUB30.

Área de TI - Segundo a Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia da PwC (2019), o consumo de dados deve crescer em torno de 16% no Brasil nos próximos três anos, considerando todos os tipos de usos de entretenimento e mídias digitais. E no contexto de toda essa tecnologia, existe a demanda por profissionais qualificados nas mais diversas áreas de programação.

O cenário local de Mato Grosso do Sul não é diferente. Já existem hoje 376 empresas de desenvolvimento de software instaladas no estado e todos os gestores desses empreendimentos apontam a mesma dificuldade: já não conseguem contratar profissionais qualificados na quantidade exigida pelas demandas.

Um estudo divulgado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) projetou que o mercado de TI pode apresentar um déficit de 290 mil profissionais até o ano de 2024, ocasionado pela ausência de profissionais qualificados no volume demandado pelo mercado.

Inscrições e informações no link: www.ms.senac.br/psg/#/consulta-de-vagas.