Menu
1 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Nacional

Bolsonaro reconduz Marun ao conselho da Itaipu

Escolhido por Michel Temer, ex-deputado federal por MS enfrentou brigas judiciais por sua nomeação

16 Mai2020Da redação12h31

O presidente da República Jair Bolsonaro reconduziu o ex-ministro do governo Michel Temer e ex-deputado federal por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun, ao cargo de conselheiro da Itaipu Binacional, usina hidrelétrica que fica na fronteira entre Brasil e Paraguai. Segundo a imprensa nacional, a função prevê salário de R$ 27 mil com reuniões a cada dois meses.

Muito ligado a Michel Temer, Marun foi ministro-chefe da Secretaria de Governo e era uma das principais vozes defensores da gestão Temer. Ele foi indicado ao cargo de conselheiro em Itaipu no último dia do mandato presidencial em 2018, mas foi afastado em março de 2019, por decisão judicial, atualmente já revertida.

Além de Marun, Bolsonaro também nomeou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para o conselho de Itaipu Binacional. Também foram reconduzidos ao cargo de conselheiro o ex-deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA), Célio Faria Júnior e Wilson Pinto Ferreira Junior, presidente da Eletrobras.

As nomeações valem até maio de 2024 e estão publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira 15 de Maio.

Veja Também

Câmara lança cartilha para ajudar candidaturas de mulheres em 2020
Projeto obriga redes sociais a pedirem CPF ou CNPJ para acesso a aplicativos
Presidente do TSE defende lista tríplice obrigatória para escolha do PGR
Projeto aumenta penas para crimes contra profissionais de imprensa
Senadora alerta para enormes desafios do pós-pandemia
Ação contra fake news é para censurar mídias sociais, diz Bolsonaro
Projeto de Lei suspende restrição do CPF por dívidas de IPVA
Governo impõe quarentena remunerada a Mandetta
Proposta isenta comerciantes e motoristas de multas aplicadas na pandemia
Projeto suspende juros e multas aos mutuários da EMHA na pandemia