• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Polícia

Homem é absolvido por dirigir bêbado e matar namorada na Avenida Mato Grosso

Angêla Maria Santos Vieira estava no banco do passageiro quando houve a colisão e morreu no local

Quarta-feira, 03 Abril de 2024 - 16:50 | Marina Romualdo


Homem é absolvido por dirigir bêbado e matar namorada na Avenida Mato Grosso
Willian Júnior Moraes Guimarães foi julgado nesta quarta-feira (3) e condenado em regime semiaberto (Foto: Luciano Muta)

O réu, Willian Júnior Moraes Guimarães, foi absolvido pelo crime que matou a namorada, Ângela Maria Santos Vieira, de 27 anos, em um acidente de trânsito na Avenida Mato Grosso, em Campo Grande. O crime ocorreu no ano passado.

Durante a audiência, foi decidido que o acusado fosse absolvido pela morte a namorada, porém, ficou decidido pelo Conselho de Sentença a condenação de 4 anos e três meses no regime semiaberto e o pagamento no valor mínimo de 15.000,00 por danos morais e materiais para outras vítimas do acidente Na data, ele afirmou que consumiu bebida alcoólica.

No dia 14 de maio, ele estava conduzindo um veículo modelo Volkswagen Jetta em alta velocidade, quando avançou o sinal vermelho e bateu em outro carro Chevrolet Tracket que estava aguardando o sinal abrir na Rua Doutor Paulo Coelho.

Com o impacto da colisão, o veículo foi lançado para o canteiro central que bateu em um muro de uma residência. No momento do acidente, Ângela estava no banco do passageiro e morreu na hora. O réu Willian e outro passageiro que estava no carro tiveram apenas ferimentos leves.

jovem-morre-colisao.jpg (940×500)
Angela Maria Santos Vieira tinha 27 anos e deixou dois filhos (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Já a condutora do veículo Tracket precisou de atendimento médico e foi encaminhada ao hospital particular da Capital com fratura no antebraço esquerdo, bem como escoriações pelo corpo.

No veículo que avançou o sinal vermelho, a Perícia Técnica encontrou diversas latas de bebidas alcoólicas. O motorista apresentava sinais visíveis de embriaguez e relatou aos policiais que estava desde às 17h bebendo em conveniência da rua Antônio Maria Coelho, junto aos demais ocupantes do veículo.

Por volta das 21h50, decidiram deixar o local e descolaram pela avenida Mato Grosso, momento em que ocorreu o acidente. Willian se recusou a realizar o teste do bafômetro e foi preso em flagrante.

 

SIGA-NOS NO Google News