• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Saúde

Crianças de 5 a 11 anos podem se vacinar hoje na Capital

Prefeitura de Campo Grande garante 1° dose da Pfizer para público infantil

(Foto: Divulgação/ Arquivo)

Neste sábado, 15 de Janeiro, a Prefeitura de Campo Grande inicia a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19.

A vacinação deste público será nos mesmos locais que a aplicação de doses em adultos, exceto nos drives, uma vez que após aplicação da dose a criança deve ficar em observação por aproximadamente 20 minutos.

O primeiro lote das doses pediátricas chegou em Campo Grande na noite desta sexta-feira (14). A expectativa é vacinar aproximadamente 90 mil crianças de 5 a 11 anos com ou sem comorbidades

Quem pode se vacinar - conforme estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e quilombolas serão as primeiras a serem vacinadas.

Crianças de 11 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a abril, já podem receber a primeira dose. Mais de 20 locais estarão abertos durante todo o dia para a vacinação deste público.

A vacina a ser aplicada é a Pfizer, com dosagem diferente da de adultos. Da mesma forma que as vacina dos adultos, a da criança também deve ser aplicada em duas doses.

No frasco laranja, destinado para este público, são 10 doses de 10 microgramas, enquanto no roxo, que é para adolescentes e adultos, são 6 doses com 30 microgramas.

Cadastro - para agilizar o processo de vacinação, a Sesau reforça a orientação para que pais ou responsáveis pela criança  para que façam o cadastro do site http:vacina.campogrande.ms.gov.br.

As crianças devem comparecer acompanhadas dos pais ou responsáveis legais. Em caso de impossibilidade da presença dos mesmos, a criança poderá ser vacinada acompanhada de um familiar mediante apresentação do termo de autorização devidamente preenchido que está disponível no site  www.campogrande.ms.gov.br/sesau para download.

No caso das crianças com comorbidades é necessário apresentação de laudo médico que comprove as seguintes condições:

– Arritmias cardíacas
– Cardiopatia hipertensiva
– Cardiopatias congênita
– Cirrose hepática
– Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
– Deficiência Permanente – Limitações Físicas e Motora
– Deficiente Auditivo
– Deficiente Mental
– Deficiente Visual
– Deficientes acamados com lesão medular grave
– Diabetes mellitus
– Distrofia Muscular
– Doença cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
– Gastrostomizado
– Hemoglobinopatias graves
– Hipertensão arterial estágio 3
– Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
– Hipertensão Arterial Resistente (HAR)
– Imunossuprimidos
– Insuficiência cardíaca (IC)
– Miocardiopatias e Pericardiopatias
– Obesidade mórbida
– Oncológico com doença ativa em tratamento
– Paralisia Cerebral
– Pneumopatias crônicas graves
– Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
– Renais Crônicos em diálise
– Síndrome de down
– Síndromes coronarianas
– Transplantados
– Transtorno do Espectro Autista (TEA)
– Traqueostomizado
– Valvopatias

Locais de vacinação - seleta: 10h às 17h. Unidades de saúde: 10h às 17h

Prosa - USF Noroeste, USF Nova Bahia.

Anhanduizinho - USF Parque do Sol, UBS Jockey Clube, UBS Dona Neta, USF Los Angeles, USF Jockey Club.

Bandeira - USF Moreninha, UBS Universitário.

Imbirussu - USF Aero Itália, USF Albino Coimbra, UBS Silvia Regina, USF Serradinho.

Segredo - UBS Cel. Antonino, USF Azaléia, C.F Nova Lima, USF São Francisco.

USF São Benedito – 8h30 às 17h.

Lagoa - USF Coophavilla, USF Batistão.

Veja Também