• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Mato Grosso do Sul

Caarapó está entre municípios do interior que vão receber Sala Lilás

A Sala Lilás tem como objetivo o acolhimento exclusivo dessas vítimas de violência num espaço aconchegante

Sala Lilás em Nova Alvorada do Sul (Arquivo)

Caarapó está entre os municípios do interior de Mato Grosso do Sul que vão implantar a Sala Lilás para atendimento humanizado voltado a crianças, adolescentes e mulheres vítimas de violência doméstica e sexual. O extrato do termo de cooperação entre a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Polícia Civil e Prefeitura de Caarapó, está no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (02).

A Sala Lilás tem como principal característica o acolhimento exclusivo dessas vítimas de violência num espaço aconchegante. A proposta, além de oferecer atendimento especial e digno, visa protegê-los de eventuais constrangimentos e novas agressões.

Em vídeo para a Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel destacou as políticas publicas que vem sendo desenvolvidas no Estado, e falou sobre o projeto de ampliação das Salas Lilás para os municípios. 

“Como o combate precisa estar em todos os lugares, temos implantado Salas Lilás nas Delegacias do interior, para que cada vítima sinta segurança necessária para enfrentar a dor ao ser recebida com respeito e dignidade. Ao todo serão 20 unidades viabilizadas com recursos próprios do governo e também grupo de emendas parlamentares reforçando a parceria com a Assembleia e a convergência de esforços nessa luta”.

Mato Grosso do Sul possui cinco Salas Lilás já instaladas nos municípios de Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Nova Alvorada do Sul e Maracaju.