• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
IPTU 2020

Busca por atendimento presencial movimenta Central do IPTU

Procura tem sido maior por idosos que tem dificuldades de lidar com a Internet e buscam informações

(Foto: Marco Miatelo)

Todo início de ano o contribuinte corre para garantir os descontos que são oferecidos pelo município na hora de pagar o IPTU, o Imposto Predial e Territorial Urbano. Na Capital o abatimento de 20% no valor do tributo vence na segunda-feira, 11 de janeiro. Os boletos foram enviados pelos Correios e estão disponíveis no site da Prefeitura, mas é grande a procura pelo atendimento presencial principalmente por idosos que tem dificuldade de operacionalizar a Internet.

A Central de Atendimento do IPTU, que fica na rua Artur Jorge, tem registrado intensa procura. O local adota as medidas de biossegurança e distanciamento e vai funcionar em regime de plantão neste fim de semana.

Nesta sexta-feira (08) a reportagem do Diário Digital verificou que mesmo sem aglomeração a demanda pelo atendimento presencial é constante. A dona de casa, Cecília Corrêa, de 60 anos, concorda a Internet veio para ajudar mas, para pessoas que não tem estudo como ela, é difícil. "É uma tristeza, pois, por conta da pandemia do novo coronavírus, precisamos sair de casa para resolver certas situações na rua, até nas agências bancárias está cada vez mais difícil", afriam.

Cecília Corrêa diz que tem dificuldade com a Internet e buscou atendimento presencial
(Foto: Marco Miatelo)

"Seria bem mais fácil se os colaboradores explicassem certinho o que teríamos que fazer e não precisaríamos estar aqui e enfrentando filas. Em casa, sou só eu e meu esposo e, não sabemos fazer nada pela Internet. Tenho meus filhos, mas são casados e trabalham, infelizmente, não tem tempo de resolverem essas coisas", pontuou.

Luis Carlos tem 53 anos, é autônomo e estava acompanhando seu pai que é idoso. "A tecnologia é fácil, mas é muito difícil para os idosos. É uma ferramenta boa, mas sem explicações das pessoas responsáveis, fica difícil pois nunca sabemos o que realmente precisamos fazer", declarou.

Luis Carlos é autônomo e estava acompanhando seu pai idoso que tem dificuldades em retirar o boleto pelo site da Prefeitura
(Foto: Marco Miatelo)

A aposentada, Marilda da Silva de 72 anos, contou a Diário Digital, que tem cinco imóveis de pequeno porte, mas ela recebeu apenas três boletos do IPTU. "E os outros 2, ninguém sabe me explicar o que aconteceu. Como não tem como resolver isso pela internet, tive que vir resolver pessoalmente o problema. É horrível, pois, ficamos perdidos. Nós idosos precisamos de mais ajuda", ressalta.

Marilda Silva reclama que o carnê do IPTU não chegou em sua casa
(Foto: Marco Miatelo)

Já, a Adriana Ricci, de 38 anos, que também é dona de casa, afirma que o carnê não foi enviado e foi até a Central em busca de informações. "Até o momento não me falaram sobre a situação. Além disso, os documentos estão em nome do meu marido e não estão querendo transferir para o meu nome, já que o meu esposo não pode sair do trabalho apenas para pagar o IPTU. São problemas como esses, que deveriam ter como resolver on-line, mas acaba não tendo nem essa opção. É complicado, temos a internet para facilitar, mas mesmo assim, essas coisas são impossíveis", finalizou.

Adriana Ricici tem dificuldades para resolver seus problemas com o atendimento
(Foto: Marco Miatelo)

O secretário municipal de Planejamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto, lembra que contribuinte não precisa comparecer a Prefeitura para resolver suas pendências. “Primeiramente, o contribuinte tem o telefone 4042-1320, que é uma central exclusiva para atendimento. A segunda via pode ser retirada pelo site da prefeitura. Com o boleto em mãos, os contribuintes podem pagar nas casas lotéricas e nas redes bancárias autorizadas para recebimento do IPTU”, reforça o secretário.

A oferta segue até dia 11 de Janeiro para quitar a dívida com Prefeitura de Campo Grande. Após a data o desconto será de 10% para o pagamento à vista.

Quem optar pelo parcelamento, ainda pode pegar o desconto de até 5% total da dívida, desde que a parcela seja quitada até a data de seu vencimento.

O tributo pode ser parcelado em conformidade com os seguintes valores:

  • Parcela única até R$ 50,00
  • Duas parcelas acima de R$ 50,00 até R$ 100,00
  • Três parcelas acima de R$ 100,00 até R$ 150,00
  • Quatro parcelas acima de R$ 150,00 até R$ 200,00
  • Cinco parcelas acima de R$ 200,00 até R$ 250,00
  • Seis parcelas acima de R$ 250,00 até R$ 300,00
  • Sete parcelas acima de R$ 300,00 até R$ 350,00
  • Oito parcelas acima de R$ 350,00 até R$ 450,00
  • Nove parcelas acima de R$ 450,00 até R$ 500,00
  • Dez parcelas acima R$ 500,00

Cada parcela do imposto tem vencimento programado para o dia 10 de cada mês, a começar em janeiro, terminando em outubro.

Importante lembrar que só será concedido desconto no pagamento do IPTU e Taxa do exercício de 2021, aos contribuintes que não tenham para com a Fazenda Pública Municipal débitos de qualquer natureza, inscritos em Dívida Ativa e que o pagamento seja efetuado até as datas dos seus respectivos vencimentos.

Impressão On-line — Para quem está viajando ou até mesmo precisa antecipar a quota, as guias de pagamento poderão ser emitidas no site www.campogrande.ms.gov.br na opção IPTU ou diretamente no link http:https://iptu.campogrande.ms.gov.br/ e imprimir seus débitos.

Veja Também