Menu
28 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Rota das Estações 2020

Rota das Estações tem foco solidário

Recurso de venda de mandalas de medalhas é revertido para entidades assistenciais

21 Jan2020Paula Fernandes15h30
(Foto: Luciano Muta)
  • Ulysses Serra entrega cheque simbólico durante Balanço Geral para a fundadora da instituição, Iris Mota.
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

O circuito de corridas de rua Rota das Estações da Rede MS Integração de Rádio e Televisão foi idealizado para aproximar os sul-mato-grossenses e propagar a vida saudável. Mas há também o foco solidário. Todos os recursos arrecadados com a venda da mandala, que é o suporte para medalhas de cada prova, são revertidos para uma entidade assistencial escolhida pela organização da prova. Este ano foi beneficiada a Associação Renasce uma Esperança, instituição sem fins lucrativos que há 13 anos presta serviços de proteção especial para as crianças e jovens portadores de microcefalia, hidrocefalia e paralisia cerebral da faixa etária de zero a 16 anos.

A entrega do cheque simbólico no valor de R$ 2 mil foi ao vivo pelo Diretor de Marketing da Rede MS, Ulysses Serra, durante o programa Balanço Geral desta terça-feira (21) para fundadora da instituição, Iris Mota. O montante foi arrecadado durante o circuito de corridas Rota das Estações de 2019. “Esse recurso vem em um momento muito importante para a Renasce. Em fevereiro vamos iniciar a construção da sede própria no bairro Jardim Imá para podermos ampliar o número de atendimentos. Com o cheque que recebemos agora,  a Rede MS vai fazer parte do alicerce da nossa nova instituição”, ressalta a gestora da entidade.

Atualmente a Renasce uma Esperança acolhe 45 crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social e já são pelo menos 20 na fila de espera.  A instituição atende com uma equipe multidisciplinar que desenvolve atividades de reabilitação em fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço de assistência social, educador e cuidador. Esses atendimentos são oferecidos diariamente de segunda a sexta-feira no período integral. Além disso é feita também a distribuição de cestas básicas, suplementos alimentares, leite medicamentoso, fraldas e leite longa vida. 

Para Iris Mota, que conduz os trabalhos na Associação, o momento é de alegria e, sobretudo, de gratidão.  “Eu não sabia que a Rota das Estações também tinha esse propósito. E quando recebi a ligação da Rede MS informando que a Renasce uma Esperança seria beneficiada, o sentimento foi de muita felicidade e saber que existem pessoas com coração tão solidário”, afirma. Ainda durante o Balanço Geral ao vivo, ela ressaltou que “quem participar da corrida e comprar a mandala vai levar para casa mais que um troféu bonito de participação, vai estar também contribuindo com trabalhos importantes para as pessoas que precisam muito”.

De acordo com o Diretor de Marketing da Rede MS a venda das mandalas vai continuar na edição de 2020 e o objetivo solidário também. A primeira entidade beneficiada com a Rota das Estações de 2017 foi o Projeto Jaboque que trabalha na recuperação de dependentes químicos em Campo Grande. Em seguida a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Três Lagoas foi atendida com a renda da competição de 2018. 

Ulysses Serra ressalta que para a 4ª Edição da Rota das Estações terá mais duas provas que estão sendo chamadas de Meia Estação, sendo uma em Bonito e a outra em São Gabriel do Oeste. “São regiões que reivindicaram bastante a prova e conseguimos estender até esses municípios. Mas a vontade mesmo é de levar para todas as cidades um projeto que nasceu com o objetivo de aproximar a Rede MS do sul-mato-grossense e que vem tomando proporção cada vez maior e melhor porque mostra o potencial que nosso Estado tem”, avalia o Diretor de Marketing da Rede MS.

As inscrições para a Rota das Estações já estão abertas. O circuito vai percorrer Campo Grande (Verão-15 de fevereiro), Dourados (Outono - 09 de Maio), Corumbá (Inverno - 15 de Agosto) e Três Lagoas (Primavera - 10 de Outubro),  além da Meia Estação em São Gabriel do Oeste (13 de Junho) em Bonito (14 de Novembro). Os participantes poderão optar por realizar a Rota em 4 ou 6 municípios, no ato da inscrição.  Os percursos são de 2,2 km, 5 e 10 km. Para se inscrever ou acessar mais informações da Corrida de Verão, basta clicar aqui.

 

Veja Também

Confira álbum de fotos da Corrida de Verão 2020
Atletas podem conferir o tempo na Corrida de Verão
Rota está cada vez melhor, diz influenciadora digital
Estudante ganha motocicleta em sorteio na Corrida de Verão
Contadora vence na Rota das Estações pela terceira vez
Leonardo Moraes é o mais rápido nos 10km na Corrida de Verão
Vencedora dos 5km conseguiu diminuir tempo
Atleta de Dourados vence a prova dos 5km na Corrida de Verão
Diretor da Fundesporte enaltece Rota das Estações
Sicredi acredita nos benefícios da Rota das Estações, afirma gerente