Menu
22 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Imagens de 2017

Bandidos se atrapalharam na hora do crime

Em fuga, estelionatário entrou na contramão e assaltante matou o próprio comparsa

30 Dez2017Valdelice Bonifácio15h00
Após entrar na contramão, bandido ainda tentou fugir correndo, mas foi capturado (Foto: Marco Miatelo)
  • Em fuga da polícia, na tarde de 5 de dezembro, golpista entrou na contramão bem no Centro de Campo Grande, bateu em outros carros e acabou preso
  • Após entrar na contramão, bandido ainda tentou fugir correndo, mas foi capturado (Foto: Marco Miatelo)
  • Jovem também foi presa na ação (Foto: Marco Miatelo)
  • Trabalhada tumultuou trânsito e deu prejuízos a motoristas (Foto: Marco Miatelo)
  • Caos na Rua 13 de Maio, Centro de Campo Grande, após golpista que fugia da polícia entrar na contramão (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • População se aglomerou na Rua 13 de Maio, Centro de Campo Grande (Foto: Marco Miatelo)
  • Em 6 de dezembro, um assaltante morreu baleado no pescoço pelo próprio comparsa que mirou errado (Foto: Marco Miatelo)
  • Bandido foi morto pelo comparsa ao tentar roubar residência no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande (Foto: Marco Miatelo)
  • Bandido foi morto com tiro acidental do comparsa durante tentativa de roubo (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • Assaltante morreu no local do crime, uma casa no Bairro Nossa Senhora das Graças (Foto: Marco Miatelo)
  • Bandido foi morto com tiro acidental do comparsa durante tentativa de roubo (Foto: Marco Miatelo)

Em 2017, bandidos se atrapalharam na hora do crime a ponto de tentarem fugir dirigindo pela contramão e de matarem o próprio comparsa. Os casos ocorreram em Campo Grande e tiveram registro fotográfico de Marco Miatelo que agora podem ser novamente apreciados nesta restrospectiva em fotos. 

Na tarde de 5 de dezembro, um veículo entrou pela contramão na Rua 13 de Maio, em pleno Centro de Campo Grande, chocando-se com outros três carros. No veículo, estavam golpistas que fugiam da polícia. Todos foram presos.

Em 6 de dezembro, um assaltante morreu baleado no pescoço pelo próprio comparsa que mirou errado. O caso aconteceu em uma residência que o trio pretendia assaltar no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande. O ladrão atingido faleceu no local e os outros dois fugiram.

Veja Também