Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleições 2016

Véspera das eleições tem campanha nas ruas da Capital

Em Campo Grande, candidatos a prefeito e vereador percorreram bairros

1 Out2016Valdelice Bonifácio14h00

Parte dos candidatos a prefeito e vereador de Campo Grande aproveitou este sábado, 1 de Outubro, véspera das eleições municipais para fazerem campanha nas ruas, especialmente na periferia da Capital.

Alcides Bernal (PP), atual prefeito e que busca a reeleição, participou de carreata nos bairros Moreninhas e Aero Rancho no período da manhã. Ele esteve acompanhado vice Ulisses Duarte (PP) e de postulantes ao cargo de vereador.

Marquinhos Trad (PSD) começou o dia nas Moreninhas. Acompanhado da vice Adriane Lopes (Pen) e da esposa Tatiana Trad realizou a Caminhada da Família 55. Ele esteve nos bairros Paulo Coelho Machado e Jardim Canguru, segundo sua assessoria de imprensa.

Quem também percorreu bairros da cidade neste sábado foi o candidato Coronel David (PSC). Contudo, sua assessoria não informou quais. 

Já Rose Modesto participou de reuniões internas. Alex do PT preferiu ficar em casa com a família, segundo sua assessoria de imprensa. Os demais candidatos não informaram suas atividades.

Quinze nomes concorrem à prefeitura da Capital neste ano. A lista completa é formada por  Adalton Garcia (PRTB), Suel Ferranti (PSTU), Rose Modesto (PSDB), Coronel Carlos Alberto David dos Santos (PSC), Elizeu Amarilha (PSDC), Marcos Alex (PT), Marcos Trad (PSD), Athayde Nery (PPS), Aroldo Figueiró (PTN), Marcelo Bluma (PV), Lauro Davi (Pros), Alcides Bernal (PP), Pedro Pedrossian Filho (PMB), Rosana Santos (Psol) e Alexsandro Arce Durand (PCO).

Veja Também

Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política
Simone elogia retomada das obras de fábrica de fertilizantes em MS
Educação Ações podem acabar com cursos EaD na área da saúde em MS Medidas foram decididas em audiência pública da assembleia
Eleições 2018 Eleição sem dinheiro de empresários Pela 1ª vez, campanha eleitoral não terá financiamento de empresas
PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer e ministros
Senadora de MS sugere Comissão sobre Segurança Pública