Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Meio Ambiente

Turistas são multados em R$ 3 mil por pesca ilegal em MS

Polícia Ambiental apreendeu três barcos, três motores e petrechos de pesca

9 Set2017Da redação17h54

Policiais Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, que trabalham na operação Independência realizavam patrulhamento fluvial hoje (9) no rio Miranda, no município de Bonito e autuaram seis pescadores, por pesca ilegal.

Ao vistoriarem uma embarcação na região do pesqueiro do Poção, a 80 km da cidade de Bonito, onde estavam três pescadores paranaenses, residentes em Toledo, a PMA verificou que os pescadores, de 34, 40 e 45 anos, não possuíam autorização de pesca. Eles iniciavam a pescaria e ainda não tinham capturado nenhum pescado. Com eles foram apreendidos um barco, um motor de popa e três carretilhas de pesca com varas. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00.

Em outra embarcação abordada próxima ao pesqueiro do “Porvinha,” a 80 km da cidade de Bonito, foram autuados pelo mesmo motivo, dois paulistas, de 51 e 59 anos, residentes em Limeira. Foram apreendidos um barco, um motor de popa e dois molinetes de pesca com varas. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00.

Por último, próxima ao pesqueiro “Capelinha” foi abordada uma embarcação, onde estava um turista paulista, de 38 anos, residente em São João da Boa Vista também pescando sem licença. Foram apreendidos um barco, um motor de popa e uma carretilha de pesca com vara. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00.

Alerta - A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que é documento necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração administrativa, que prevê, além da multa mínima de R$ 300,00 até a máxima de R$ 10.000,00, a apreensão de barco, motor, produto e material da pesca, bem como veículos utilizados.

Veja Também