Menu
20 de fevereiro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Poder Judiciário

TJ exclui ex-presidente da Câmara da lista de réus da Coffee Break

Vereador foi acusado de integrar trama criminosa que cassou prefeito da Capital

10 Jul2018Da redação19h52

O ex-vereador Flávio César (PSDB), que atuou como presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, foi absolvido nesta terça-feira, 10 de julho, pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS). Em dezembro de 2015, ele e outras 23 pessoas foram acusadas pelo Ministério Público Estadual de suposto envolvimento em esquema para cassar o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal. 

Dois anos e seis meses depois, com dois votos favoráveis e um contra, o ex-vereador Flávio César foi julgado pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e declarado “inocente”. Assim, ele deixou de figurar na lista de réus da Coffee Break.

O acórdão, onde os desembargadores João Maria Lós e Marcelo Raslan votaram favoráveis e o desembargador Sérgio Martins contra, de que o ex-vereador não cometeu nenhuma irregularidade no processo de afastamento de Alcides Bernal da Prefeitura de Campo Grande, deverá ser publicado amanhã (11/07). 

 

Veja Também

Deputados sugerem liberação de caça ao jacaré
Governadores debatem reforma da Previdência com ministro da Economia
Bolsonaro entrega proposta para reforma da Previdência
Câmara quer Corregedoria atuante na Assembleia
Deputado pede investigação sobre furto de gado
Deputado propõe criação de frentes em defesa da criança e da mulher
Fake news são empecilho para vacinação contra HPV
Horário estendido nas unidades de saúde será debatido na Câmara
Trabalhador pode ter de contribuir por 49 anos, alerta senador
Nelsinho é escolhido coordenador da bancada de MS