Menu
22 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Victor Center
Poder Judiciário

TJ exclui ex-presidente da Câmara da lista de réus da Coffee Break

Vereador foi acusado de integrar trama criminosa que cassou prefeito da Capital

10 Jul2018Da redação19h52

O ex-vereador Flávio César (PSDB), que atuou como presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, foi absolvido nesta terça-feira, 10 de julho, pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS). Em dezembro de 2015, ele e outras 23 pessoas foram acusadas pelo Ministério Público Estadual de suposto envolvimento em esquema para cassar o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal. 

Dois anos e seis meses depois, com dois votos favoráveis e um contra, o ex-vereador Flávio César foi julgado pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e declarado “inocente”. Assim, ele deixou de figurar na lista de réus da Coffee Break.

O acórdão, onde os desembargadores João Maria Lós e Marcelo Raslan votaram favoráveis e o desembargador Sérgio Martins contra, de que o ex-vereador não cometeu nenhuma irregularidade no processo de afastamento de Alcides Bernal da Prefeitura de Campo Grande, deverá ser publicado amanhã (11/07). 

 

Veja Também

Bolsonaro recebe alta de UTI semi-intensiva em hospital de São Paulo
Pela primeira vez, Toffoli assumirá a Presidência no lugar de Temer
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Impugnação contraria normativa eleitoral, diz assessoria de Delcídio
MP Eleitoral impugna candidatura de Delcídio do Amaral
Bolsonaro começa a ingerir alimentos pastosos
‘Nunca entrei numa campanha tão leve’
Reinaldo está a 2% de vencer no primeiro turno
Justiça autoriza prorrogação de inquérito sobre facada em Bolsonaro
PF determina inquérito para investigar Odilon