Campo Grande •19 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Portal R7 | Quarta, 17 de Maio de 2017 - 19h50Temer deu aval para silenciar Cunha, dizem donos da JBSDonos da JBS dizem ter gravação de Michel Temer avalizando propina

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Os donos da empresa JBS, Joesley Batista e o seu irmão Wesley Batista, disseram ter gravado uma conversa na qual o presidente Michel Temer teria dado aval a propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). As informações foram reveladas pelo jornal O Globo.

A gravação, feita por Joesley em março com um gravador guardado no bolso do paletó, foi citada na declaração que os controladores da JBS deram à Procuradoria-Geral da República em abril durante o processo para firmar acordo de delação premiada.

Na conversa, Temer teria indicado a Joesley o deputado Rocha Loures (PMDB-PR), homem de sua confiança, como o interlocutor para resolver um assunto da J&F, controladora da JBS. No diálogo, o presidente recebe do empresário a informação de que ele estava pagando uma mesada Cunha e ao operador Lúcio Funaro, ambos presos,para ficarem calados. Temer então teria dito:

— Tem que manter isso, viu?

O dinheiro de Cunha seria entregue por meio de Altair Alves Pinto. Desde que está preso, o parlamentar teria recebido R$ 5 milhões, segundo Joesley. Uma gravação feita posteriormente teria flagrado Rocha Loures recebendo uma mala com R$ 500 mil de Joesley.

Ainda de acordo com o jornal, na última quarta-feira (10), os irmãos foram ao gabinete do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), e confirmaram as declarações à PGR. Cabe a Fachin homologar a delação de Joesley Batista e o seu irmão Wesley Batista.

No depoimento para tentar fechar a delação, Joesley teria afirmado também que, com o PT, o contato para a propira seria o ex-ministro Guido Mantega.

Os depoimentos dos donos da JBS foram tratados de todo o cuidado pela PGR. Durante todo o processo, os irmãos chegaram por uma entrada secundária em carros particulares.

Em nota, o presidente Michel Temer confirmou ter-se encontrado com Joesley Batista, mas negou ter dado aval à propina. A assessoria da JBS informou que a empresa não vai se pronunciar. A defesa do deputado Eduardo Cunha também disse que não vai se manifestar no momento. A reportagem não conseguiu contato com o deputado Rocha Loures.

Aécio Neves - Também segundo O Globo, o senador Aécio Neves aparece envolvido em corrupção ligada à JBS. Ele teria sido filmado pela PF (Polícia Federal) pedindo R$ 2 milhões para o dono a Joesley. O dinheiro teria sido entregue para primo de senador.

A PF rastreou o dinheiro e afirma que foi depositado em empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG). Na gravação, Aécio pedia por dinheiro para pagar as despesas da Lava Jato. Há gravações do senador pedindo dinheiro para Joesley e da entrega do dinheiro para o primo do senador.

Aécio estava no plenário do Senado quando a informação veio à tona. O parlamentar deixou o local logo após olhar o celular.

Veja Também
Nova procuradora deve reexaminar processos, diz Gilmar Mendes
'Os isentos é que são os piores', afirma Marun
Juntos contra JBS
Domingo, 17 de Setembro de 2017 - 16h43Secretário Márcio Monteiro depõe sobre “notas frias” Começam as oitivas de envolvidos nas delações dos proprietários da JBS
Domingo, 17 de Setembro de 2017 - 15h17Vereadores debatem situação de idosos Problemas enfrentados por idosos serão colocados em discussão
Álvaro Dias confirma vinda ao Mato Grosso do Sul
Sábado, 16 de Setembro de 2017 - 07h20Joesley diz a juiz que está preso porque "mexeu com poderosos" Durante a audiência criticou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot
Justiça Federal mantém prisão preventiva de Joesley
Joesley Batista deixa a PF em Brasília e é conduzido a São Paulo
Secretário de Fazenda vai explicar “notas Frias”
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento