Menu
14 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Eleições 2018

Senado: Nelsinho 34%; Zeca 24% e Moka 21%

Instituto Real Time Big Data aponta que índice eleitores indecisos na eleição para senador é de 59%

27 Ago2018Valdelice Bonifácio14h59
(Foto: Record TV)
  • (Foto: Record TV)

Em pesquisa realizada pelo Instituto Real Time Big Data a pedido da Record TV, o ex-prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho (PTB) lidera as intenções de voto para o Senado com 34% das citações. Ele é seguido pelo ex-governador e atual deputado federal Zeca do PT que aparece com 24% da preferência do eleitorado. Neste ano, estão em disputa duas vagas senador, sendo assim, serão eleitos os dois mais bem votados.

Na terceira colocação, aparece o atual senador que busca a reeleição Waldemir Moka (MDB) com 21%. O quarto colocado é o promotor licenciado Sérgio Harfouche (PSC) que tem 9% das citações. O ex-secretário de Infraestrutura Marcelo Maglioli (PSDB) tem 8% e Soraya Thronicke (PSL) 7%. Humberto Figueiró (Podemos) tem 3%, seguido por Gilmar da Cruz (PRB) com 2%; Dorival Betini (PMB) 2%; Mário Fonseca (PCdoB) 2%.

Os candidatos Anísio Guató (PSOL), César Nocolatti (PTC) e Thiago Freitas (PPL), juntos somaram 1% dos votos. Votos brancos e nulos para vaga de número 1 chegam a 10% e para a vaga 2, 18%. A quantidade de eleitores indecisos é de 59%.

Foram realizadas 1.002 entrevistas entre 20 e 21 de Agosto. A divisão amostral foi feita da seguinte maneira Campo Grande (32%);  Região Sudoeste - Dourados / Maracaju / Ponta Porã / Amambaí / Caarapó / Naviraí / Ivinhema (34%); Região Leste –Três Lagoas / Nova Andradina / Chapadão do Sul / Cassilândia / Aparecida do Taboado (20%); Região Norte / Pantanasi – Corumbá / Sidrolândia / Ladário /Coxim (14%).

A margem de erro é de 3,0% e o nível de confiança: 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número MS-08743/2018.

O primeiro turno das eleições 2018 está marcada para 7 de outubro.

Veja Também

Política Tribunal diploma 40 eleitos em solenidade na Capital Diplomação atesta que candidato foi eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo
MPF oferece 27 denúncias à Justiça por fraudes na lei Rouanet
Caso Battisti é assunto do Judiciário, e não de política, diz general
Há 50 anos, AI-5 suspendia direitos políticos no País
Governador doará metade do salário para entidades assistenciais
Ministro do Trabalho em exercício é suspenso após operação da PF
Azambuja entrega propostas de segurança ao País a Sérgio Moro
Cantores sertanejos homenageiam Bolsonaro em Brasília
Futura ministra defende aprovação do Estatuto do Nascituro
Refis estadual segue para sanção do governador