Campo Grande •19 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Banner Governo do Estado - Campanha Dengue

Agência Câmara | Quinta, 9 de Fevereiro de 2017 - 16h51Rodrigo Maia se defende de denúncias de corrupçãoSegundo presidente da Câmara, 'denúncias são absurdas e não têm nenhuma relação com a realidade'

(Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, negou, nesta quinta-feira (9), a denúncia baseada em relatório sigiloso da Polícia Federal (PF) de que teria apresentado emendas parlamentares favoráveis à empreiteira OAS em troca de doações eleitorais. Para Maia, o vazamento é ilegal, atinge sua honra e de sua família e tenta vincular uma emenda a uma doação de campanha.

"Quero deixar claro aqui que, em nenhum momento, nem com a OAS ou empresa nenhuma, jamais apresentei nenhuma emenda, nenhum projeto que tivesse vinculação com nada”, afirmou o presidente.

Segundo Rodrigo Maia, o resultado do relatório da PF “é absurdo, sem nenhuma relação com a realidade”. O presidente ressaltou que confia no Judiciário e no Ministério Público e afirmou que vai agir para reparar esse dano à sua imagem. “Não tem relação com a minha história, com minha família e vou continuar esclarecendo o meu ponto de vista no Ministério Público e, se necessário, na Justiça. A imagem das pessoas, das famílias está sendo destruída de forma absurda, sem nenhuma preocupação", defendeu.

De acordo com Maia, sua emenda, apresentada em 2014 a uma medida provisória que criava o programa de aviação regional, não beneficiava ninguém, apenas gerava isonomia de tratamento dos aeroportos privados em relação aos operados pela Infraero. “Apenas gerava uma isonomia, na hipótese de um aeroporto privado ser autorizado em cima de aeroporto concessionados. Nada além do que isso, isso poderia ser no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Natal. A única coisa que minha emenda garantia era isonomia entre o sistema, não estava beneficiando A, B ou C”, reforçou.

Por fim, Rodrigo Maia destacou que fará uma defesa pessoal, do seu mandato e da sua honra, sem relação com a presidência da Câmara dos Deputados.

Veja Também
STF dá 10 dias para Temer e deputados explicarem reforma
Foro privilegiado é incompatível com o princípio republicano, diz ministro
MPF pede suspensão de benefícios de delação a ex-diretor da Petrobras
Wilson Sami toma posse na Câmara na vaga deixada por Paulo Siufi
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017 - 08h51Escolhido por Trump recusa cargo de conselheiro de segurança Em comunicado, Harward explicou que rejeitou o cargo por "exigir 24 horas de trabalho, sete dias por semana"
Delcídio diz à Justiça que CPMI do Cachoeira foi esvaziada a pedido do governo
Reforma que enxuga governo está pronta para votação
Delcídio tem audiência na Justiça Federal remarcada para hoje
Deputado reclama de superlotação nas escolas; secretaria nega
Quinta, 16 de Fevereiro de 2017 - 12h39Vereadores criam Controladoria da Câmara Projeto foi apresentado pela nova mesa diretora do Legisdlativo Municipal
square noticias uci
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento