Menu
21 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Investimentos

Reinaldo Azambuja reduz o impacto da crise, diz presidente da Assomasul

Governo do Estado investiu R$ 141,1 milhões nos municípios de Mato Grosso do Sul

24 Nov2016Da redação16h45

 “Os nossos municípios, se não estão piores com a crise que assola o País, é graças à visão municipalista do governador Reinaldo Azambuja”, disse o presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), Juvenal Neto, prefeito de Nova Alvorada do Sul, ao comentar a mais recente ação do Governo do Estado em apoio aos municípios, o lançamento, nesta quinta-feira, da construção de 66 pontes de concreto em 25 localidades.

Juvenal disse que o governo estadual tem sido um grande parceiro dos 79 prefeitos ao canalizar recursos financeiros para obras de infraestrutura urbana, de competência municipal, e também em outras áreas essenciais, como a saúde, educação e habitação. Além disso, enfatizou que o Estado tem liberado sistematicamente recursos para os municípios, sendo uma das fontes o Fundersul, com previsão de transferências de mais de R$ 133 milhões em 2017.

Prefeito de Nova Alvorada do Sul, disse que o governo estadual tem destinado investimentos importantes aos municípios na melhoria das condições urbanas e na parte de logística, que fortalece a economia local e gera mais dinheiro e empregos e, assim, contribui para minimizar os níveis insustentáveis do custeio. “A construção de pontes e a pavimentação de estradas desafogam os municípios e, ao mesmo tempo, mantém a produção, onde o papel do Fundersul tem sido fundamental”, comentou.

Com obras de pavimentação e recapeamento de ruas e avenidas e drenagem de águas pluviais e controle de inundações, o Governo do Estado garantiu infraestrutura urbana a todos os municípios de Mato Grosso do Sul, em 2016, com investimentos de R$ 141,1 milhões. O balanço das obras é a comprovação das metas cumpridas pelo governador Reinaldo Azambuja com os 79 municípios, atendendo aos pleitos dos prefeitos, vereadores e sociedade local.

Dos 53 projetos contratados, a maioria está em plena execução e com conclusão prevista para o fim do ano. Em algumas cidades, como Batayporã, Terenos e Naviraí, os serviços de recapeamento e drenagem foram concluídos. Em Corumbá, onde o Estado investe R$ 5 milhões, as obras seguem com 92,23% executados. Outros 23 projetos estão em fase final de elaboração e contratação para execução da segunda etapa do programa de obras

Veja Também

Câmara quer pressa em apreciar alterações
Reservista do serviço militar poderá atuar como policial voluntário
Biometria para deputados é implementada na Assembleia
ex-governador Cabral vira réu pela 24ª vez
Verba para UBS não sai e abre divergência política
Simone elogia retomada das obras de fábrica de fertilizantes em MS
Educação Ações podem acabar com cursos EaD na área da saúde em MS Medidas foram decididas em audiência pública da assembleia
Eleições 2018 Eleição sem dinheiro de empresários Pela 1ª vez, campanha eleitoral não terá financiamento de empresas
PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer e ministros
Senadora de MS sugere Comissão sobre Segurança Pública