Campo Grande •24 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo -  MS Desenvolve

Laureano Secundo | Sexta, 17 de Março de 2017 - 11h16Reinaldo Azambuja implanta nova estruturaDecretos foram assinados na manhã de hoje e novos titulares empossados nas pastas

Eduardo Riedel será o secretário de Governo na nova estrutura de Governo
Eduardo Riedel será o secretário de Governo na nova estrutura de Governo (Foto: Luciano Muta)

O Governador Reinaldo Azambuja assinou agora de manhã decretos referentes à reforma Administrativa aprovada na semana passada pela Assembleia Legislativa. Foram nomeados os novos titulares das pastas que passaram por fusão e resultaram na redução de 13 para 10 secretarias. O projeto da reforma foi apresentada em fevereiro pelo governo, com a previsão de economizar R$ 134 milhões. Além da redução de secretarias, devem ser revisados os contratos e cortados cargos comissionados.

“O tamanho do Governo é o tamanho que nos ´permite cumprir dom as  obrigações”. Assim o governador Reinaldo Azambuja explicou como deverá funcionar a administração estadual a partir de agora com  nova estrutura mais enxuta. “A reforma corta na carne e fará com que o Estado seja mais eficiente e economize gastos”, disse o governador em discurso o chefe do Executivo Estadual ao justificar que desde o ajuste fiscal, em 2015. “Antes deste ano, a economia crescia mais que do que a inflação, mas hoje a situação é diferente”.

Além da Secretaria de Governo que terá como titular Eduardo Riedel que engloba dentre outras a Casa Civil outros assessores assume pastas que serão fundidas como  o caso do secretário da extinta Sepaf (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar), Fernando Lamas, continuará coordenando os projetos da área na Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Já a Secretaria de Cultura englobará uma série de subsecretarias, como racial, LGBT, indígenas e mulheres. Para o titular, Athayde Nery, cultura e cidadania têm de andar juntos, portanto, aprova e entende a mudança. Além destas áreas, a pasta também vai abranger a parte de Rádio e TV, enquanto Ciência e Tecnologia sai de sua competência para ficar com a Semagro.

Veja Também
Financiamento de campanhas é prioridade na pauta do Senado
Comissão aprova aumento de pena para casos de zoofilia
Prefeitura presta contas à Câmara em audiências no dia 29
STF decide enviar denúncia sobre Temer à Câmara
CCJ mantém veto a Lei da Inadimplência
Em CPI, secretário isenta Estado e acusa JBS
Relator da CPMI da JBS apresenta plano de trabalho
Governo dará desconto de até 95% nas multas e juros das dívidas
Administrativos da Educação protestam
Lula e Gilberto Carvalho se tornam réus por corrupção passiva
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento