Campo Grande •24 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super banner Governo MS - Semana nacional do trânsito

Valdelice Bonifácio | Quarta, 28 de Setembro de 2016 - 07h13Rede MS entrevista Coronel David nesta quarta-feiraCandidato do PSC é o quinto postulante à prefeitura a falar aos veículos da Rede MS

(Foto: Arquivo Diário Digital)

O coronel da Polícia Militar (PM) e deputado estadual Carlos Alberto David dos Santos é o entrevistado desta quarta-feira, 28 de setembro, da Rede MS Record, na rodada com os candidatos à prefeitura de Campo Grande. Quinto concorrente a ser recebido pelos veículos da Rede, ele falará sobre suas propostas à Rádio FM Cidade, ao telejornal MS Record e ao Diário Digital.

A entrevista à rádio começa às 12h05 e na televisão o candidato falará ao vivo em seguida. Na sequencia, ele  detalha suas propostas ao Diário Digital. As entrevistas ao telejornal têm a duração de 10 minutos, o mesmo acontecendo na Rádio FM Cidade. Vale mencionar que as entrevistas ao telejornal MS Record são gravadas e depois disponibilizadas no canal de vídeos do Diário Digital.

A rodada de entrevistas com os candidatos à prefeitura começou na semana passada. A ordem foi definida por sorteio na presença de representantes das candidaturas. Participam da rodada sete candidatos cujos partidos políticos têm participação no cenário político nacional, conforme legislação eleitoral editada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Já falaram à Rede MS os candidatos Marcelo Bluma (PV), Alcides Bernal (PP), Rose Modesto (PSDB) e Alex do PT. Amanhã, dia 29, é a vez de Athayde Nery (PPS) dia  29 e no dia 30 Marquinhos Trad (PSD), encerra a rodada.

Coronel David –  Filiado ao PSC, Coronel David, 51 anos, e se candidata à prefeitura da Capital sul-mato-grossense pela primeira vez e em chapa pura. Sua vice é Juliana Padilha. O coronel é bacharel em direito e entrou na Polícia Militar (PM) em 1984, onde exerceu várias funções até chegar ao cargo de comandante-geral. Nas eleições de 2014, ficou como suplente de deputado estadual e assumiu mandato em abril, quando José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB), pediu afastamento para chefiar a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Veja Também
Financiamento de campanhas é prioridade na pauta do Senado
Comissão aprova aumento de pena para casos de zoofilia
Prefeitura presta contas à Câmara em audiências no dia 29
STF decide enviar denúncia sobre Temer à Câmara
CCJ mantém veto a Lei da Inadimplência
Em CPI, secretário isenta Estado e acusa JBS
Relator da CPMI da JBS apresenta plano de trabalho
Governo dará desconto de até 95% nas multas e juros das dívidas
Administrativos da Educação protestam
Lula e Gilberto Carvalho se tornam réus por corrupção passiva
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento