Menu
19 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Senado

Projeto que prevê ginástica laboral em órgãos públicos é aprovado em comissão

Matéria é de autoria do senador sul-mato-grossense Nelsinho Trad

14 Dez2019Da redação11h49

O senador Nelsinho Trad (PSD) conseguiu aprovação do seu Projeto de Lei (PL) 3.273/2019, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), que determina aos órgãos públicos federais, estaduais e municipais a oferta de atividades de ginástica laboral diária para servidores efetivos ou comissionados, empregados terceirizados e estagiários. O texto segue para decisão final, a menos que haja recurso para votação em Plenário, da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

De acordo com o projeto, o funcionalismo deverá ter 15 minutos, no mínimo, de ginástica laboral sob a orientação de profissionais de educação física. A adesão dos trabalhadores aos programas de exercício será facultativa, proibindo-se a aplicação de qualquer espécie de punição àqueles que não quiserem se engajar na atividade.

Para o senador Nelsinho Trad, médico especialista em medicina do trabalho, é necessário programas preventivos para redução de doenças provocadas pelo esforço repetitivo (LER) e os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (Dort) e, também, para prevenir contra outras doenças e manter o equilibro físico e mental.

“Com o sistema osteomuscular fortalecido, o colaborador tende a manter uma postura adequada, evita as lesões por esforços repetitivos e ainda adquire mais equilíbrio e preparo físico. Além disso, a ginástica laboral previne o sedentarismo e aumenta a consciência corporal, pois melhora a flexibilidade, a coordenação e a resistência física nos seus praticantes, o trabalhador terá mais disposição”, ressaltou o senador Nelsinho.

Veja Também

PSDB desmente boato sobre expulsão de Rose do partido
Homem é encontrado morto em kitinete
Guto Scarpanti é pré-candidato do NOVO na disputa pela prefeitura da Capital
Simone defende sistema mais justo
Obras do Córrego Anhanduí devem ser concluídas com recurso federal
Bolsonaro diz que preço do combustível deve estabilizar
Proposta proíbe consulta médica grátis e doação de remédio em campanha eleitoral
Senador quer visitar área de conflito com índios e levar relatório para Bolsonaro
Azambuja está entre os governadores que mais cumprem promessas
Prefeito adianta que vai negar novo aumento na tarifa de ônibus