Menu
27 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Segurança Pública

Projeto proíbe uso de capacete em estabelecimentos comerciais e públicos

Matéria foi apresentada à Assembleia Legislativa nesta semana

16 Jun2017Da redação20h46

Impedir a ação de bandidos que entram em estabelecimentos com o rosto coberto para não serem identificados pelas câmeras de segurança. Esse é o objetivo do Projeto de Lei que proíbe o ingresso ou permanência de pessoas utilizando capacete ou qualquer tipo de cobertura que oculte a face, nos comércios, lugares públicos ou abertos ao público, em Mato Grosso do Sul. A proposta foi apresentada nesta quarta-feira (14/6), pelo deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB).

O projeto determina ainda que os motociclistas retirem o capacete antes da faixa de segurança para abastecimentos. Nos estabelecimentos deverá ser fixada uma placa contendo a seguinte informação: “É proibida a entrada de pessoa utilizando capacete ou qualquer tipo de cobertura que oculte a face”.

“Assaltos e vários crimes praticados têm sido cometidos por pessoas com capacete ou vestimentas que impedem o registro da imagem de seus rostos pelas câmeras de seguranças. Apresentamos o Projeto de Lei para que os comerciantes possam exigir a retirada da cobertura”, justificou o parlamentar.

Veja Também